Mais um acidente de proporção grave aconteceu na Alça de Acesso ao Arco Metropolitano em Seropédica , direção Japeri/Rio de Janeiro. O Samu de Seropédica e o Corpo de Bombeiros foram ao local socorrer as vitimas.

O morador de Seropédica, Douglas de Moura Cesar, ao descer a Alça de Acesso da BR 493 ao centro de Seropédica, deu de frente com um caminhão que fazia uma bandalha, para acessar a alça de acesso ao Rio de Janeiro. O motorista do caminhão resolveu retornar de ré, colidindo com um Veiculo Sandero placa LRG 8208, que capotou varias vezes jogando dentro do canal que corta a Estrada Rio São Paulo. O motorista do caminhão vendo a besteira que fez, não procurou socorrer os ocupantes do veiculo, fugindo do local. Dentro do carro viajava, Douglas e sua esposa, mas só ela que teve vários ferimentos, sendo socorrida pelo SAMU e encaminhada para o Hospital São Francisco Xavier.

DSC_0026
A mureta protegeu o veiculo de cair no lago de água acumulada das chuvas

Vários acidentes ocorreram neste local por falta de uma rotatória, ou a construção de mais uma alça, moradores reclamam que as obras desta rodovia foram entregues sem finalização, e a “toque de caixa”.  A descoberta de uma espécie de perereca ameaçada de extinção na interseção do Arco com a BR-465, em Seropédica (próximo ao local do acidente), provocou a paralisação de parte das obras por cerca de um ano e meio, exigindo a construção de um viaduto sobre o lago habitado pelo anfíbio. Foram necessárias obras complementares devido a dutos da Petrobras no caminho mas esqueceram de fazer a Rotatória para dar acesso a Via Dutra.DSC_0024DSC_0021

DSC_0022
Marca dos pneus dos veículos que fazem bandalha, nota-se marca de frenagem no asfalto
DSC_0023
Alça de Acesso a BR 493

0f61405d-f6fd-43cb-956c-ddd71991d35f 71b7abd8-8c0b-4abf-9043-912ffa5b578f