Nesta semana o governador do Rio, Wilson Witzel, apresentou um projeto que insere Jiu Jitsu e outra artes marciais de defesa pessoal na grade curricular de todas as escolas públicas do estado.

A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) prometeu abrir licitação neste segundo semestre para indicar a contratação de 1.800 instrutores.

O Rio é o primeiro estado do Brasil a adotar um programa com o Jiu-Jitsu nas escolas, nos moldes do que ocorre hoje em países como os Emirados Árabes, nação que décadas atrás abraçou a modalidade graças a professores brasileiros, como os faixas-pretas pioneiros Nelsinho Monteiro, Zé Mario Sperry, Renzo Gracie e outros.

Fonte: Diário do Rio