Muitos empresários e políticos do Rio de Janeiro precisam começar a ligar para seus advogados. De acordo com Agenda do Poder, o ex-governador Sérgio Cabral (MDB/Bangu) e o ex-presidente da ALERJ Paulo Melo (MDB/Bangu) já estão com suas delações premiadas com negociações avançadas para a assinatura do acordo. No último mês, Cabral já realizou mais de 10 depoimentos à PF, relatando detalhes sobre o pagamento de propina envolvendo deputados estaduais, federais, ex-ministros e senadores.

Diferentemente do que ocorre em outros casos, nada até agora tem sido vazado pela PF. Há semanas em que o ex-governador comparece até três vezes à sede da Polícia Federal para prestar depoimento.

O portal também diz que a delação de Melo não tem relação com as iniciativas de Cabral. Ele deve apresentar um cardápio do que sabe sobre pagamento de propina envolvendo deputados e ex-secretários de estado.

Fonte: Diário do Rio