O Prêmio Professores do Brasil é uma iniciativa do Ministério da Educação, através da Secretaria de Educação Básica, juntamente com as instituições parceiras. Instituído em 2005, tem como objetivo reconhecer, premiar e divulgar o mérito de professores das redes públicas de ensino, pela contribuição dada para a melhoria da qualidade da educação básica. Para tanto, são avaliadas as experiências pedagógicas bem–sucedidas e inovadoras.

O concurso tem três etapas: inscrição, avaliação e premiação.

Estão aptos a se inscreverem todos os dois milhões de professores de todos os níveis da educação básica do sistema público de ensino brasileiro. Basta ter uma prática pedagógica criativa e bem sucedida (em andamento ou já concluída) com seus alunos e formalizar a inscrição.

Na segunda etapa, uma comissão de alto nível analisa as experiências relatadas pelos professores e seleciona as mais relevantes.

Em dezembro, numa grande festa de encerramento, estes professores e as escolas onde atuam são contemplados com o prêmio, tornando seu trabalho reconhecido por todos os que valorizam a educação brasileira.

A 8ª Edição do Prêmio Professores do Brasil está dividida em duas categorias.

A primeira categoria “Temas Livres” abrange as subcategorias:

Educação Infantil;

Anos Iniciais do Ensino Fundamental;

Anos Finais do Ensino Fundamental; e

Ensino Médio.

A segunda categoria “Temas Específicos” abrange as subcategorias:

Educação Integral;

Inscrições: http://premioprofessoresdobrasil.mec.gov.br/

  São objetivos do Prêmio Professores do Brasil:

Reconhecer o trabalho dos professores das redes públicas, instituições educacionais comunitárias, filantrópicas e confessionais, conveniadas aos sistemas públicos de ensino que, no exercício da atividade docente, contribuam de forma relevante para a qualidade da educação básica no Brasil;

Valorizar o papel dos professores como agentes fundamentais no processo formativo das novas gerações;

Dar visibilidade às experiências pedagógicas conduzidas pelos professores e que sejam passíveis de adoção por outros professores e pelos sistemas de ensino;

Estimular a participação dos professores como sujeitos ativos na implementação do Plano de Desenvolvimento da Educação.

O Prêmio Professores do Brasil na sua 8ª edição está dividido em duas categorias.

A categoria Temas Livres premiará até cinco professores em cada uma das seguintes subcategorias, sendo um por região geográfica do país:

Educação Infantil;

Anos Iniciais do Ensino Fundamental;

Anos Finais do Ensino Fundamental;

Ensino Médio.

A categoria Temas Específicos premiará até cinco professores em cada uma das seguintes subcategorias, sendo um por região geográfica do país:

Educação Integral;

Ciências para os anos iniciais do Ensino Fundamental;

Alfabetização nos anos iniciais do Ensino Fundamental;

Educação Digital articulada ao desenvolvimento do currículo.

As experiências inscritas na categoria Temas Específicos deverão estar articuladas às políticas ou aos programas do Ministério da Educação, conforme os critérios estabelecidos no Regulamento.

Os professores, diretores ou representantes das escolas premiadas nesta edição do Prêmio têm participação assegurada em um Seminário com passagens e hospedagem custeadas pelas instituições promotoras do Prêmio.

A Cerimônia de Premiação do concurso terá lugar em sessão pública, em data, local e horário a serem definidos posteriormente, como parte da programação do Seminário Professores do Brasil, organizado pelo MEC e instituições parceiras.

Os professores responsáveis pelas experiências selecionadas pela Comissão Julgadora Nacional, independentemente de sua região e da categoria a que concorrem, receberão a importância de R$ 6.000,00 (seis mil reais), além de troféu e certificados.

 

 

Faça o seu comentário