O comediante Tirulipa (“Detetive Madeinusa”) foi surpreendido por uma batida da Polícia Federal, que chegou em sua casa, em Alphaville, São Paulo, com ordem de busca e apreensão. Ele teve dinheiro e objetos de luxo apreendidos como parte de uma investigação contra a Betzord, empresa de apostas online. Tirulipa fez comerciais para a empresa e é investigado por supostos crimes contra a economia popular e associação criminosa.

Tirulipa tem dinheiro e bens apreendidos pela Polícia Federal
Tirulipa tem dinheiro e bens apreendidos pela Polícia Federal

Dentre os itens levados, foram apreendidas folhas de cheque preenchidas no valor de R$ 30 mil, R$ 27 mil em notas de dinheiro, aparelhos de celular, contrato de locação residencial, quatro agendas e dados com informações a serem incluídas no imposto de renda do humorista.

Além dele, a advogada e influencer Deolane Bezerra também é investigada e teve bens apreendidos pelo mesmo motivo no começo da semana.

Em nota divulgada no Instagram, a assessoria de Tirulipa afirmou que não tem vínculo com a empresa que vem sendo investigada.

“A assessoria jurídica do artista informa que o mesmo não possui qualquer envolvimento com a empresa investigada por suposto crime contra economia popular e associação criminosa. Além disso, não configura como investigado no inquérito”.

O texto afirma que o humorista fez apenas “uma ação de divulgação pontual e única, no ano de 2021, para a empresa investigada” e que os itens levados pela PF foram legalmente declarados e são fruto do trabalho dele. “Já estão sendo devolvidos ao artista, que segue contribuindo com a investigação e à disposição da Justiça”, conclui a nota.

Além dessa informação, Tirulipa gravou vários vídeos no Stories, chegando a chorar por ver seu nome envolvido no noticiário policial.

Tirulipa tem dinheiro e bens apreendidos pela Polícia Federal
Tirulipa tem dinheiro e bens apreendidos pela Polícia Federal

Fonte: Pipoca Moderna