Kaio Guilherme da Silva Baraúna Reprodução/Arquivo Pessoal
Kaio Guilherme da Silva Baraúna Reprodução/Arquivo Pessoal
Rio – Agentes da 34ª DP (Bangu) investigam se o tiro que atingiu o menino Kaio Guilherme, de 8 anos, partiu da comunidade vizinha, Vila Kenedy, na Zona Oeste do Rio. De acordo com o delegado Luís Armond, responsável pelo caso, é de que um traficante seria o autor dos disparos. O menino estava em uma confraternização, em um centro de reforço escolar, na Vila Aliança, quando foi atingido na cabeça.
“As investigações estão um pouco dificultadas em razão das suspeitas do disparo ter saído de Vila Kennedy então, a localização não é tão fácil. Temos informações de que o um traficante, que teria sido libertado há pouco tempo, estava sob efeito de drogas e teria feito três disparos, o que causou a lesão do menino”, disse. 
Segundo o delegado, essa é apenas uma das hipóteses que a equipe trabalha no momento. Ele afirmou que segue acompanhando a evolução da saúde de Kaio que, está internado no Hospital Pedro II, em Santa Cruz também na Zona Oeste do Rio.
Kaio passou por exames neurológicos nesta segunda-feira, e os resultadosderam inconclusivos. A mãe do menino, Thais Silva, afirmou que os médicos precisarão refazer os testes no filho nesta terça. Kaio está internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) da unidade.
 
Fonte: O Dia