Foi instalada na Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) a Frente Parlamentar em Defesa da Água. A Frente objetiva debater leis que tratam da água, para que parlamentares e atores do sistema de Gestão de Recursos Hídricos possam debatê-los e conduzi-los, buscando melhores resultados, além de servir de plataforma para a participação e encaminhamento dos Comitês de Bacias.

Estiveram presentes na sessão na quarta-feira (25) o diretor Geral do Comitê Guandu-RJ Paulo de Tarso Pimenta (FIRJAN) e os diretores Julio Cesar Antunes (CEDAE), Lívia Soalheiro (SEAS) e Nelson Reis Filho (APADEMA). Renata Bley, Subsecretária de Recursos Hídricos da Secretaria de Estado de Ambiente e Sustentabilidade, ocupou lugar na mesa diretiva e participou da audiência que foi presidida pelo deputado Gustavo Schmidt. “A Frente é uma oportunidade que os Comitês têm de participar dos projetos e emendas relativos à gestão das águas na casa. É do nosso interesse e de toda sociedade fazer com que as discussões, independentemente das ideologias políticas, sejam amplas e de acesso aos atores, para que as decisões atendam às necessidades e consonância com a proteção, conservação e preservação das águas”, destacou Paulo de Tarso, Diretor Geral do Comitê Guandu-RJ.

A Frente Parlamentar em Defesa da Água é a primeira instalada por um Estado no Brasil e já tem a adesão/participação de 30 dos 70 deputados da ALERJ.  A expectativa é que seja uma porta de entrada à gestão participativa das águas no Estado, onde se possa debater alguns projetos de lei que tramitam na casa e buscar melhores caminhos e avanços à gestão dos recursos hídricos e consequentemente à toda população.

Os diretores Julio Antunes e Paulo de Tarso ao lado de Licius Sá, diretor presidente do Comitê Rio Dois Rios

COMUNICAÇÃO COMITÊ GUANDU
Telefone: (21) 3787 3729
E mail: comunicacao.guandu@agevap.org.br

Faça o seu comentário