A primeira manifestação aconteceu as 15:00 hrs na UFRRJ

O Diretório Central do Estudantes (DCE) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro realizou uma manifestação pacifica dentro do Campos no dia 19/06 reivindicando mais segurança e iluminação.

Centenas de alunos participaram desta manifestação que pedia segurança onde a reclamação principal seria os estupros e assaltos acontecidos dentro da UFRRJ e que nenhuma providência foi tomada pela reitoria.

Veja a Carta de Compromisso onde o item 14 sobre segurança não está sendo cumprida pela UFRRJ

A Administração Superior da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (Gestão “Tempo de Viver Melhor”) resolve firmar COMPROMISSO com os Estudantes nos seguintes termos:

14. FALTA DE SEGURANÇA NO CAMPUS

A Administração encaminhará ao Ministério da Educação solicitação formal de abertura de vagas para concurso público para a categoria de Vigilante, com as argumentações relativas aos problemas de segurança enfrentados pela UFRRJ.

A criação de um Fórum de Segurança foi proposta pela equipe eleita, quando apresentou à comunidade universitária uma Agenda de Segurança, englobando o leque de situações e problemas que envolvem a questão. A partir de maio será iniciada a estruturação de um Fórum de Segurança, com a convocação de sua primeira reunião, para a qual serão convidadas instituições externas e as entidades representativas, além de ser aberta à comunidade académica. Todas as decisões e questões daí decorrentes deverão ser amplamente divulgadas.

Será dada prioridade ao processo licitatório nº 904/2012-18 de aquisição de câmeras a serem instaladas pelo campus, tendo expectativa de conclusão em 5 meses.

A Segunda Manifestação aconteceu as 17:30 hrs  no Centro de Seropédica, onde cerca de 2000 pessoas participaram de uma marcha entre a Empresa de Ônibus Real Rio o centro do município e por fim a Prefeitura Municipal de Seropédica.

O Tenente da Policia Militar Carlos Leandro de Almeida pediu aos manifestantes que não bloqueasse a Estrada Rio São Paulo, porque por ali passa várias ambulâncias transportando doentes, e parabenizou a população por fazer uma manifestação pacifica e ordeira, e que a Polícia Militar estava ali para dar segurança para a população e os manifestantes.

A palavra de ordem era a melhoria do transporte público e a redução do preço da passagem de ônibus, os manifestantes também pediam ao Prefeito Martinazzo que coloca-se mais empresas de ônibus no município, para que a população e os estudantes tivessem mais alternativas de transporte, e ônibus para outros bairros e municípios onde a Real Rio não atende.

Até as 19:00 hrs não foi relatado nenhum incidente.  

 

 

 

Faça o seu comentário