Obras executadas pela EMOP-RJ incluem a implantação de um elevador panorâmico, reformas de salas de aulas, laboratórios e fachada do prédio

Um dos grandes núcleos de educação da Baixada Fluminense está passando por reformas. O Governo do Estado está executando as melhorias do Polo Regional de Paracambi, prédio histórico também conhecido como Fábrica do Conhecimento.  Nesta etapa, as obras acontecem no primeiro andar, Bloco B, que recebe os alunos do Polo Cederj – Paracambi, administrado pelo Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cecierj), onde, atualmente, abriga um centro de ensino a distância e semipresencial com mais de 2,5 mil alunos. A previsão da conclusão da obra é de seis meses.

A obra tem um investimento inicial de pouco mais de R$ 1, 2 milhão e é executada pela EMOP (Empresa de Obras Públicas), vinculada à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras (Seinfra). Atualmente as principais intervenções consistem na abertura de dois novos acessos, reestruturação total nas paredes e tetos, troca de portas, implantação de um elevador panorâmico, além da abertura de cerca de 20 novas salas, laboratório de informática e um auditório com capacidade para 156 pessoas no segundo andar. O bloco B consiste em quatro salas de aula, nove laboratórios, depósito, copa, sala de tutoria, biblioteca, sala de ambiente de rede, secretaria acadêmica, além do hall de entrada.

Para muitos jovens e adultos a unidade do Cederj é a única forma de acesso ao ensino superior em universidades públicas. Além dos que residem no município de Paracambi, o local recebe alunos que residem em cidades vizinhas como Japeri, Queimados, Seropédica, Engenheiro Paulo de Frontin, Mendes e Vassouras.

O edifício, que foi construído em 1870, é tombado pelo INEPAC (Instituto Estadual do Patrimônio Cultural).   Antes de se tornar um grande complexo educacional do estado, o local era uma fábrica de tecidos Companhia Brasil Industrial. Hoje  é símbolo histórico e cultural da cidade, marco da industrialização no país e do desenvolvimento econômico da região.  Além do elevador panorâmico, a reforma prevê a construção de uma escada externa com acesso ao segundo andar.

O secretário estadual de Infraestrutura e Obras, Max Lemos, ressaltou que o prédio da Fábrica do Conhecimento no Polo Paracambi é um símbolo da história da industrialização no Estado e no país.  “Recebi  do Governador Cláudio Castro e a orientação do Presidente da Alerj, André Ceciliano, a missão  de reformar este espaço precioso, guardado na memória afetiva e na história de gerações de famílias de trabalhadores e estudantes de toda aquela região, tanto no passado como no presente. É cartão-postal de Paracambi, que enche de orgulho a Baixada e o Estado do Rio de Janeiro.”, ressalta.

Já o diretor-presidente da EMOP-RJ, André Braga, disse que a reforma no espaço está sendo executada de forma criteriosa, respeitando a história e a arquitetura do lugar. “Queremos cada vez mais consolidar o Polo e a cidade de Paracambi como disseminadores de conhecimento e desenvolvimento sustentável para os moradores da região. Vamos aumentar o número de salas de aula e criar condições de acessibilidade ao edifício, conforme nos solicitaram executar”, afirmou Braga.