O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é uma entidade privada que promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos de micro e pequeno porte – aqueles com faturamento bruto anual de até R$ 3,6 milhões.

Há mais de 40 anos, atua com foco no fortalecimento do empreendedorismo e na aceleração do processo de formalização da economia por meio de parcerias com os setores público e privado, programas de capacitação, acesso ao crédito e à inovação, estímulo ao associativismo, feiras e rodadas de negócios.

As soluções desenvolvidas pelo Sebrae atendem desde o empreendedor que pretende abrir seu primeiro negócio até pequenas empresas que já estão consolidadas e buscam um novo posicionamento no mercado.

Para garantir o atendimento aos pequenos negócios, o Sebrae atua em todo o território nacional. Onde tem Brasil, tem Sebrae. Além da sede nacional, em Brasília, a instituição conta com pontos de atendimento nas 27 Unidades da Federação, onde são oferecidos cursos, seminários, consultorias e assistência técnica para pequenos negócios de todos os setores.

O Sebrae Nacional é responsável pelo direcionamento estratégico do sistema, definindo diretrizes e prioridades de atuação. As unidades estaduais desenvolvem ações de acordo com a realidade regional e as diretrizes nacionais.

O Sebrae é agente de capacitação e de promoção do desenvolvimento, mas não é uma instituição financeira, por isso não empresta dinheiro. Articula (junto aos bancos, cooperativas de crédito e instituições de microcrédito) a criação de produtos financeiros adequados às necessidades do segmento. Também orienta os empreendedores para que o acesso ao crédito seja, de fato, um instrumento de melhoria do negócio.

Benefícios do Jovem Aprendiz 2017 SEBRAE:

• Salário mínimo hora
• Auxílio Refeição: R$15,00 por dia
• Vale Transporte
• Assistência Médica

Requisitos do Jovem Aprendiz 2017 SEBRAE:

• Faixa etária de 14 a 21 anos e 11 meses;
• Cursando no mínimo 8ª série/9º ano do Ensino Fundamental;
• Cursando Ensino Médio do 1º ao 3º ano;
• Formado no Ensino Médio, sem ingresso no Ensino Superior;
• Para o Projeto Jovem Acolhido a escolaridade considerada será a partir do Ensino Fundamental II;
• Renda Familiar: jovens oriundos de família cuja renda per capita não ultrapasse 50% do salário mínimo Nacional;
• Pertencer à região x curso de acordo com a descrição acima;
• Para as vagas no interior do Estado de São Paulo, é imprescindível residir na cidade da vaga oferecida pelo SEBRAE-SP.

Como se inscrever no Jovem Aprendiz SEBRAE 2017:

Inscrição através do site

 

Faça o seu comentário