A Prefeitura Municipal de Seropédica, através da Secretaria de Comunicação Turismo e Eventos, participou do Dia do Guia Jonosake 2017, com o objetivo de fomentar o Turismo em todo Estado do Rio de Janeiro, principalmente na Baixada Fluminense como todo. O evento foi patrocinado por várias empresas ligadas ao turismo, e pelo Sitio Jonosake.

Foi montado um estande para os municípios mostrarem as áreas de turismo de sua região. No estande de Seropédica, foi apresentado sua história através da seda, a cachaça fabricada artesanalmente no “Alambique Casa Barbinotto”, o Horto Florestal, e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Em outro quiosque foi montado vários estandes com Artesanato de cada município, onde a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, montou um estande de Artesanato do Município de Seropédica, que é também outra forma de trazer turistas para cidade (Turismo Cultural).

O Subsecretário de Comunicação Turismo e Eventos, Samuel Barbosa, disse que Seropédica, tem várias áreas no município que podem ser exploradas para atrair o turismo. Uma das áreas seria a Floresta Nacional Mario Xavier, com uma vasta área de verde, a outra área seria as lagoas dos areais, onde com investimento de empresários do ramo Hoteleiro, poderiam explorar o local, para pratica de canoagem, Jet-ski, pescaria entre outros. Para tanto Seropédica precisa de local para os turistas serem hospedados. “Em Seropédica não temos muitos locais para pernoitar, somente pousadas e um Motel. Estamos preparando um projeto que será apresentado aos empresários, mostrando que é viável investir em Seropédica, com isso estaremos gerando emprego e renda para nossa cidade” 

O proprietário da Estância Turística Jonosake, Sr. Akira Tagute, deu início a apresentação do Projeto “Dia do Guia Jonosake 2017”, falando da importância do turismo para geração de recursos para os municípios. Convidou para fazer parte da mesa, o Prefeito de Itaguaí, Carlos Bussato Junior, o Secretário de Turismo do Estado do Rio de Janeiro, Nilo Sergio Felix, a Subsecretária Adjunta da Secretaria de Turismo do Estado e Coordenadora do PAB no Estado do Rio de Janeiro, Nea Mariozz, o Diretor Geral do Instituto Estrada Real, Eberhard Hans Aichinger, o Diretor da Sacrum, Agência de Brasilidades, Claudio Luiz Carvalho Leão, e o Coordenador de Comunicação Social da Policia Militar do RJ, Major Ivan Braz.

O Coordenador de Comunicação Social da PM, Major Ivan Braz, falou que quando o estado está em dificuldade financeira, atinge também a segurança pública. Veículos sem manutenção, falta de combustível, etc, e com isso atinge muito o turismo. Para melhorar este quadro, o Comando da PM do RJ, vai tirar os 3 mil policiais administrativos das 39 Unidades de Polícia Pacificadora, para patrulhar as ruas das áreas mais violentas da cidade. Provavelmente 900 homens serão encaminhados aos municípios da Baixada Fluminense, onde a criminalidade está atingindo níveis insuportáveis.

Um dos pontos interessantes foi a exploração do turismo, pelo “Caminho Religioso pela Estrada Real”. O Diretor do Sacrum falou que no dia 3 de setembro de 2017, a partir da Romaria 550, vai ser implantada a maior Rota de Turismo Religioso do Brasil, o Caminho Religioso da Estrada Real – CRER, do Santuário Estadual Nossa Senhora da Piedade, Padroeira de Minas Gerais, passando por trinta municípios mineiros e seis paulistas, até o Santuário Nacional de Aparecida, Padroeira do Brasil, num percurso de mil quilômetros.

Por fim o Secretário de Turismo do Estado do Rio de Janeiro, Nilo Sergio Felix, entregou um Certificado para Akira Tagute, pelo relevante trabalho que vem fazendo no Apoio Institucional pelo Turismo em toda Baixada Fluminense e Costa Verde.

Faça o seu comentário