Seropédica, no RJ, ganha cara de Egito em cenas. ‘Efeitos’
  Principal aposta da Record na dramaturgia para este ano, a novela “Os Dez Mandamentos” foi a melhor audiência da emissora desde 2010, e muito desse sucesso tem relação com a qualidade das imagens de locais fascinantes que aparecem no horário nobre da Record. Nesta segunda-feira (01), a cena em que Moisés (Guilherme Winter) e Zípora (Giselle Itié) tomam banho em um lago foi muito elogiada pelos telespectadores, e o que parece ser o Egito é, na verdade, uma locação em Seropédica, e no município de Itaguaí, Estado do Rio de Janeiro.

O coordenador de efeitos visuais da emissora explicou como é feita a edição em cenas da trama como essa. “Trabalhamos em cima do material bruto, que é a gravação original. Não deixa de ser uma mágica! A imagem em que Moisés se banha com Zípora foi gravada em Seropédica, em um local onde a produção de locação conseguiu acesso. No Rio, temos muito verde, árvores, postes e casas de todos os tipos de cores ou tamanhos. Daí. Entramos em ação.”

Os desafios para a equipe de efeitos visuais são muitos, mas a busca pela excelência e por produções cada vez mais próximas da realidade, assim como aconteceu na cena da mumificação do ator Zécarlos Machado, intérprete do Faraó Seti I, que levou cerca de quatro horas no processo de maquiagem, motivam os editores a superarem todos os osbtáculos. “A edição precisa fazer com que o lugar remeta o público ao Egito daquela época. Nesta imagem, a única coisa real é o lago e a atriz. Retiramos as árvores, montanhas, postes, edificações, entre outros detalhes”.

Uso de efeitos visuais diminui os custos para produção da novela

A equipe de edição comemorou experiência que possibilitou economia nos custos da novela. “Trabalhamos há quase dez anos neste mercado e esta experiência nos ajuda a manipular arquivos de forma produtiva. Se fôssemos pagar por fora, gastaríamos R$ 100 mil, R$ 200 mil. Conseguimos dar conta, muito bem”, acrescentou.

A busca por retratar as histórias bíblicas da melhor maneira possível podem ser vista na escolha dos looks dos atores que atuam na trama, como aconteceu com Sergio Marone que ficou careca para a novela e aprovou a transformação: “Rosto mais forte”. Camila Rodrigues, que interpreta a princesa Nefertari, também raspou as madeixas e afirmou os efeitos positivos da mudança: Fiquei forte e desprendida”. A atriz Vera Zimmermann, intéprete da princesa egípcia Henutmire na novela, também aparece careca nas telinhas da Record, mas não passa de um truque de maquiagem que leva algumas horas para ser feito.

novela record