A produção de petróleo e gás natural no pré-sal ultrapassou 70% da produção nacional pela 1ª vez na história. Em julho, alcançou 2,738 milhões de barris de óleo por dia.

De acordo com a PPSA (Pré-Sal Petróleo S.A.), empresa vinculada ao Ministério de Minas e Energia, a produção corresponde a 70,26% do total registrado no país, de 3,898 milhões de barris por dia.

De acordo com o órgão, a produção já vinha se aproximando da marca nos meses anteriores. Em junho foi de 69,9%, somando 2,671 milhões de barris por dia. Um mês antes, foram produzidos 2,363 milhões de barris diários (67,82%).

A PPSA informou ainda que o Campo de Lula, na Bacia de Santos, manteve a liderança na produção de petróleo e gás natural no pré-sal, com média diária de 987.510 barris de petróleo e 43,150 milhões de metros cúbicos de gás natural.

Já a plataforma P-76, no Campo de Búzios, também na Bacia de Santos, e com só 4 poços produtores, teve a maior produção de petróleo por instalação em julho, com média diária de 168.649,40 barris. Segundo a PPSA, a produção da P-76 foi superior à soma do que foi produzido por todos os 6.326 poços terrestres.

Por Agência Brasil

Faça o seu comentário