Segundo o Corpo de Bombeiros, dois homens foram achados no mar sem vida; avenida Niemeyer está totalmente interditada

ciclovia cai
Maíra Coelho/Agência O Dia/Estadão Conteúdo – 21.04.16 Assustados, moradores olham da ponte o desabamento do trecho da ciclovia Tim Maia, no RJ

Parte da ciclovia Tim Maia, em São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, desabou na manhã desta quinta-feira (21). A ciclovia, que é suspensa e junto ao mar, teve um pedaço de mais de 50 metros arrancado por uma forte onda. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, duas pessoas morreram e três ficaram feridas.

A equipe de resgate diz que dois homens foram encontrados no mar já sem vida. Em entrevista coletiva, Pedro Paulo Carvalho, secretário do governo do RJ, afirmou que uma terceira pessoa ainda segue desaparecida e que os bombeiros realizam as buscas.

“Neste momento devemos deixar os bombeiros trabalharem para encontrar essa possível terceira vítima e o time de engenharia avaliar para dar um parecer do que causou o acidente”, declarou o secretário.

Inaugurada recentemente, em janeiro, a ciclovia foi atingida por uma forte onda que, além de destruir o local, também quebrou o parabrisa de um ônibus.

Agentes da CET-Rio estão no local e por conta do acidente, a Avenida Niemeyer, na altura do Castelinho, está totalmente interditada.

Helicóptero dos bombeiros resgataram três feridos e dois mortos no mar do Rio de Janeiro
Maíra Coelho/Agência O Dia/Estadão Conteúdo – 21.04.16

Helicóptero dos bombeiros resgataram três feridos e dois mortos no mar do Rio de Janeiro

A ciclovia Tim Maia liga o Leblon a São Conrado.  A construção teve o inicio em junho de 2014 com um custo de aproximadamente R$ 45 milhões.  Em 17 de janeiro, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, inaugurou a primeira parte da ciclovia, que vai apenas do Leblon à São Conrado e tem 3,9 quilômetros. Ainda não há data para a entrega da segunda parte da pista, que vai ligar São Conrado à Barra.