Não é mesmo a semana da Light, depois da Prefeitura entrar com uma ação por cobrança indevida, o presidente do Procon Estadual, Cássio Coelho, instaurou nesta terça-feira (16/07) um Ato Sancionatório contra a Light.

Em maio desde ano, o presidente da autarquia já havia aberto a investigação preliminar contra a empresa devido à demora nos reparos de suas instalações em diversas áreas da Região Metropolitana do Rio de Janeiro após as fortes chuvas que ocorreram no dia 28 de Abril.

Na época, após verificarem diversas reclamações dos consumidores nas redes sociais e no material divulgado pela imprensa, os fiscais do Procon Estadual também realizaram três dias de fiscalização em casas e estabelecimentos comerciais nos endereços da cidade do Rio e da Baixada Fluminense em que havia relatos de mais de 24 horas sem fornecimento de energia elétrica e muniram o processo administrativo com essas informações.

Após prestar esclarecimentos, para o Procon-RJ, a empresa não demonstrou argumentos que afastem a sua responsabilidade, tampouco, a preocupação em restabelecer a normalidade do serviço público com celeridade.

Fonte: Diário do Rio

Faça o seu comentário