Nascido em 22 de fevereiro de 1960, o Padre Paulo Sergio, coordena a Paróquia Nossa senhora das Graças em Seropédica à 16 anos, neste período nunca tirou férias, só se afastou poucos dias quando estava doente.

São trinta e cinco ano de Sacerdócio, e uma vida dedicada ao Reino de Deus, 35 anos de caminhada, de oração, de fé, esperança, principalmente de fidelidade e de dedicação missionária.

Este é o perfil do nosso irmão e amigo, Padre Paulo Sergio, homem simples, amigo e companheiro. Para muitos a verdadeira imagem do Bom Pastor. “O pai”, aquele que cuida das ovelhas, que carrega junto a si, com cuidado, tornando-a o sentido de sua própria caminhada, com jeito todo especial de ser pastor.

Sua missão desde que foi ordenado Padre, em 24 de novembro de 1985, iniciou-se na Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, no Município de Paraty, onde dedicou-se principalmente ao ensino religioso, e ao trabalho Pastoral junto aos pescadores e lavradores do município.

Em dezembro de 1987, foi nomeado Pároco da Paroquia Santa Teresinha de Piranema em Seropédica. Neste período fundou a Comunidade do Bairro Boa Fé. Reabre a Comunidade Nossa Senhora Aparecida no Bairro Campo Lindo no Km 39. Constrói a Igreja de São José no Bairro Jardins no km 41, e a Casa Paroquial no Km 42, na Igreja de São Jorge, onde organizou Conselhos Comunitários na Paróquia. Nesta época também fez um curso de acompanhamento vocacional na CNBB em Brasília, assumindo a coordenação Diocesana da Pastoral Vocacional e é eleito membro e secretário do conselho presbiteral.

Em abril de 1991, Padre Paulo Sergio a pedido do Bispo Dom Vital Wilderink, deixa a Paroquia de Piranema e inicia uma nova missão em Itaguaí: organizar uma nova paroquia na parte periférica do município. Inicialmente mora no Bairro do Engenho, construindo uma casa e uma Capela no Bairro Brisamar. No dia 15 de fevereiro de 1993 se muda para Brisamar e começa a nova Paroquia de São Francisco de Assis.

Brisamar era um bairro carente, onde tinha tudo por fazer. A resposta Pastoral do Padre Paulo Sergio foi fazer com coragem e alegria aquilo que se apresentava para ser feito. Dentre seus trabalhos mais marcantes nesta comunidade paroquial, podemos destacar as visitas aos doentes e as famílias, a organização das pastorais, a formação dos grupos de reflexão por ruas, a distribuição de alimentos para famílias extremamente pobres e a construção da Igreja de São Francisco de Assis, onde até trabalhou na obra.

Em 1995, concluiu o curso de Mestrado em Direito Canônico no Instituto Superior de Direito Canônico da Arquidiocese do Rio de Janeiro e inicia todo um trabalho na Diocese de Itaguaí de Assessoria Canônica, especialmente na área do direito matrimonial. Visita várias paroquias fazendo palestras sobre o tema, orienta casais, faz instruções de processo de nulidade matrimonial. Nesta época também assume como Diretor Diocesano do Apostolado da Oração e da Legião de Maria. Nestes movimentos da igreja fundou vários grupos, reuniu outros, pregou em diversos retiros, organizou encontros.

Em 1998 e 1999 foi Vigário Geral da Diocese de Itaguaí, período da Vacância Episcopal.

No ano 2000 junto com a comunidade paroquial do Brisamar termina de construir e inaugura a Igreja matriz de São Francisco de Assis.

Em 2001 foi aprovado para o curso de Mestrado em Teologia pela PUC-RJ. Em março de 2003 defende a dissertação “Anacronismo e Inculturação: analise de algumas experiências pastorais em centros de cidades” recebe o Título de Mestre em Teologia pela PUC-RJ.

Atualmente é Pároco da Paroquia Nossa Senhora das Graças, onde está a 16 anos, e coordena a Pastoral Universitária. Nesta Pastoral assessora o grupo de professores universitários Católicos. E junto aos universitários promove encontros de formação e oração, organiza eventos e atividades culturais e educativas. Atende os alunos para aconselhamento e confissão, coordena projetos de estágio nas áreas de extensão rural e educacional.

Em toda caminhada cheia de desafios pastorais, o Padre Paulo Sergio sempre nos diz que: “O que me sustenta e a espiritualidade. Uma espiritualidade centrada no Cristo Bom Pastor”.

Faça o seu comentário