Estamos diante de um grande desafio – compatibilizar a conservação ambiental com o desenvolvimento, tendo para isso a meta satisfazer as necessidades primordiais, melhorando a qualidade de vida das comunidades, garantindo a proteção dos recursos naturais e construindo uma sociedade mais justa social e economicamente.

Para atender essa meta, praticamente todos os governos e membros da sociedade civil dos mais variados países vêm se organizando, sob forma de agências oficiais, entidades e associações, com o propósito de definir trabalhos que incentivem a preservação da natureza e divulguem as questões relacionadas com o meio ambiente.

As ações desenvolvidas por esses governos e pelas Organizações Não Governamentais (ONG’s) têm sido feitas com enfoque holístico e genérico, ou seja, reunindo especialistas dos mais variados ramos científicos, entre os quais das ciências naturais, políticas e sociais; além de contar com envolvimento crescente do saber próprio dos povos indígenas e comunidades tradicionais.

Nisso, eles têm promovido um gama de ações diversas, tais como: pesquisas, criação de leis e normas de proteção ambiental, desenvolvimento de tecnologias limpas, aplicação de projetos de educação, ampliação dos programas de conservação de espécies ameaçadas de extinção etc.

Ao longo dessas últimas décadas, as diversas experiências têm demonstrado que além do trabalho de especialistas e das autoridades governamentais, é fundamental que cada segmento da sociedade, e, em particular, cada cidadão, se envolva com as questões ambientais, tomando conhecimento dos problemas e participando das suas soluções.

Hoje, mais do que nunca, se sabe que para alcançar o objetivo de tornar real o Desenvolvimento Sustentável de nosso planeta é preciso a efetivação de um compromisso amplo, no qual estejam envolvidos todas as esferas de governo e os diversos atores sociais locais. É impensável falar na conservação ambiental sem pensar no envolvimento efetivo de todos os cidadãos.

Assim, sugiro a você que não fique parado, de bobeira, esperando que as coisas aconteçam. Levante-se, busque informações e articule-se para fazer algo de bom em prol da construção de um mundo melhor !!!

FONTE: http://www.recantodasletras.com.br

Faça o seu comentário