Os Correios querem levar o modelo Uber para suas transações do dia a dia, e aumentar sua capilaridade. A ideia é desenvolver um aplicativo que torne possível criar um exército de “carteiros informais”.

Teoricamente, qualquer um poderia passar a trabalhar para os Correios, fazendo entregas a partir do aplicativo. A empresa ainda não tem todos os detalhes do projeto, que está em seus estágios iniciais. O que se sabe é que, provavelmente, a empreitada seja levada adiante a partir de alguma parceria com o setor privado, que cuidaria da parte tecnológica do negócio. Com a medida, os Correios esperam multiplicar a capacidade de entrega da estatal, com um investimento relativamente baixo.

Fonte: Olhar Digital

Faça o seu comentário