Seropédica, Município criado em 1995, o qual teve como Prefeitos, Anabal Barbosa, Gedeon Antunes, Darci dos Anjos, Martinazzo e hoje o Prefeito Lucas Dutra, mas quem é Seropédica e como tudo começou?

Primeiro vamos falar de Seropédica com 265,189 km² de área territorial, população aproximada de 83.092, densidade demográfica de 275,53 hab/km² , com PIB per capita de cerca de R$ 52.000,00.

História

O início do desbravamento de Seropédica, data de meados do século XVII, porém em 1818, a aldeia de Itaguaí foi elevada à categoria de vila, com a denominação de Vila de São Francisco Xavier de Itaguaí, cujo município foi desmembrado de territórios do Rio de Janeiro e de Angra dos Reis.

A passagem da antiga Rodovia Rio São Paulo pelo território do antigo Distrito de Seropédica, a instalação da indústria têxtil no antigo Distrito de Paracambi, aliadas às obras de saneamento da Baixada Fluminense, empreendida por Nilo Peçanha, que permitiram o aproveitamento de grandes áreas, possibilitaram ao Município de Itaguaí (Município Mãe) readquirir sua antiga posição de prestígio.

Em 1938, foram iniciadas, em Seropédica, as obras do Centro Nacional de Estudos e Pesquisas Agronômicas, onde hoje funciona a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. UFRRJ.

Em 1948, com a transferência do campus da UFRRJ para as margens da antiga Rodovia Rio São Paulo, hoje BR-465, iniciou-se o desenvolvimento urbano de Seropédica.

OS DESÍGNIOS QUE LEVARAM SEROPÉDICA DE DISTRITO A MUNICÍPIO.

Eleição Municipal de Itaguaí em 1978 elegeu entre os Vereadores, que teve como a grande surpresa a eleição de Reny Barbosa, representando o Município de Seropédica, o qual se reelegeu Vereador em 1982, com Otoni Rocha eleito Prefeito.

Reny Barbosa, ouvindo os anseios dos Municípes, e com a dificuldade de trazer os benefícios que a população de Seropédica almejava, declarou na Câmara Municipal de Itaguaí, seu desejo de transformar o Distrito de Seropédica em Município, e começou a reunir amigos, lideranças comunitárias e comerciantes, desiludidos com o poder Público Municipais, e com o descaso das administrações de Itaguaí com o Distrito de Seropédica.

Em 1983, foi realizado uma primeira reunião com ATA do Movimento Emancipacionista Seropedicense, Presidida pelo Professor Elias Rezende e Secretariado pelo Senhor Didi Pimenta, com Reny Barbosa como o único Vereador de Mandato no Município de Itaguaí, favorável ao Movimento Emancipacionista, bem como a participação de Empresários, liderados por Naldo Romano e sua esposa Eva Romano e Angelo Catein, líderes comunitários, Servidores Públicos da UFRRJ, alguns estudantes, bem como moradores descontentes com atuação e desígnios dos recursos de Seropédica, utilizados por Prefeitos de Itaguaí.

Movimento de Emancipação que tomou força, contudo não atingiu o objetivo, mas teve seguimento com a entrada do Médico e Ex Prefeito Newton Cacalcanti, o qual trouxe autoridades estaduais, como o então Deputado Nilo Campos e outros, para abraçar o movimento emancipacionista.

Em reunião ocorrida na casa do líder Comunitário José Alcebiades (Zé da Pipoca), junto com um outro grande líder comunitário do Km 40, Albertino Pinto dos Santos, novo grupo de lideranças emancipacionistas foi formado, assumindo a Presidência do Movimento Emancipacionista, o Empresário Zealdo Amaral, o qual unificou o grupo e levou até a vitória final, transformando com apoio da população, O distrito de Seropédica em Município.

Finalizando, quero agradecer a todos que auxiliaram a transformação e que com seus ideais de desenvolvimento, lutaram pelo crescimento do Município, deixando aqui a gratidão e o reconhecimento ao amigo Reny Barbosa, precursor da Emancipação de Seropédica e primeiro Vereador de Mandato a apoiar a liberdade do Distrito e a transformação em cidade, obrigado Reny Barbosa, obrigado a todos os emancipacionistas, deixando em nome do Engenheiro Ribamar, Abílio Gonçalves, e em memorian a Zealdo Amaral e a todos os guerreiros emancipacionistas a minha gratidão e peço a Deus, sucesso aos Vereadores e Prefeito atual na condução do desenvolvimento de Seropédica nessa nova Legislatura.wilson moura e reni Barbosa

WILSON MOURA
ADVOGADO E FILHO DE SEROPÉDICA