Movimento ‘Me Avise Quando Chegar’ leva reivindicações de alunas da UFRuralRJ

 A tradicional reunião do Conselho Comunitário de Segurança de Seropédica (CCSS) aconteceu nesta quarta-feira (06) pela 4ª vez este ano, na Câmara de Vereadores. O diferencial desta reunião foi a participação de um grupo de alunas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRuralRJ), que representaram o movimento ‘Me Avise Quando Chegar’, que luta em prol de causas referentes à violência contra a mulher e a igualdade de gêneros.

Viemos participar da reunião para buscarmos, junto ao Conselho e à administração municipal, soluções para alguns fatos que vem acontecendo com as universitárias, temos a certeza de que juntos poderemos encontrar soluções e resolvermos diversas questões. Participaremos ativamente das reuniões do Conselho expondo as demandas comuns às estudantes da UFRuralRJ”, relata a estudante de Medicina Veterinária ‘M’, de 24 anos.

Segundo o prefeito Martinazzo, as reuniões do Conselho Comunitário de Segurança são essenciais para que as polícias Civil e Militar, e também a Secretaria de Segurança e Ordem Pública de Seropédica, possam atualizar as estatísticas e planejarem ações de segurança pública no município, isoladas ou através de parcerias.

A Prefeitura de Seropédica sempre designa um representante da Secretaria de Segurança para participar das reuniões do CCSS e ouvir as demandas da população. É essencial que os diversos setores da sociedade, não somente da área de Segurança, estejam unidos no combate a violência e no planejamento e execução de ações preventivas. Estamos buscando para Seropédica um Batalhão de Polícia Militar e uma Companhia Integrada de Policiamento de Proximidade (CIPP), que certamente beneficiarão nosso município”, afirma o prefeito Martinazzo.

 A mesa foi composta pelo presidente e vice-presidente do CCSS, Adriano Amaral e João Castelo, respectivamente, pelo secretário do Conselho, Edvá de Brito, pelo delegado plantonista da 48ª Delegacia de Polícia Civil, Frank Dias, pelo comandante da 4ª Companhia de Polícia Militar, Capitão PM Jade Reis, pelo vereador Oscar Goulart, pelo pró-Reitor de Assuntos Estudantis, César Da-Ros e pela diretora Social de Assuntos Comunitários, Darci Pereira. Representando a Prefeitura de Seropédica esteve à mesa o diretor municipal de Trânsito, Paulo Côrtes, da Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Pública.

Durante o encontro, o Capitão PM Reis fez uma explanação a respeito das ações da Polícia Militar no município de Seropédica e destacou que conta com apenas 49 policiais para fazer a cobertura de uma área de 283,766 Km2. Entre os dados apresentados o representante da Polícia Militar também esclareceu, através da apresentação de estatísticas por meio slides, que as metas da Polícia Militar para o município de Seropédica têm sido cumpridas, porém, destacou que há a necessidade do aumento do efetivo policial na cidade. O policial também disponibilizou a população um telefone para denúncias (21) 2779 9745. 

Assim que acabou a reunião de Segurança Publica as Ruralinas foram fazer manifestação em frente ao prédio principal P1, onde ao som de tambores, portando cartazes, e  usando camisas pretas para simbolizar Luto, solicitavam mais segurança dentro do campus: “Aqui somos assaltadas, roubam nossos pertences, somos assediadas por pessoas estranhas, não existe iluminação em alguns trechos dentro da Rural, temos de andar com lanternas, não se vê ronda por parte dos guardas, a administração da Rural esta se Lixando para nós” Destaca Elizabeth.

DSC_0025DSC_0012DSC_0009 DSC_0017 DSC_0005 DSC_0022 DSC_0038 DSC_0041 DSC_0040 DSC_0046 DSC_0044 DSC_0048 DSC_0050 DSC_0052 DSC_0053 DSC_0056 DSC_0061 DSC_0062 DSC_0063DSC_0032