Esta é a 155ª Delegacia Legal implantada no Estado do Rio de Janeiro.
Foi oficialmente inaugurada nesta quinta-feira (18) a Delegacia Legal de Seropédica. A unidade fica na Rua Irinéia Verçosa, no KM 41, às margens da BR 465.
A inauguração contou com a presença do Governador do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, do prefeito Alcir Martinazzo, do secretário de Estado de Segurança, José Mariano Beltrame e do chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, delegado Fernando Veloso. Vereadores de Seropédica, Itaguaí, Japeri e Paracambi também participaram do evento. “A Prefeitura lutou para que a Delegacia Legal viesse para Seropédica e temos que agradecer ao Governador Pezão, à Polícia Civil e ao Conselho de Segurança Pública pelo empenho para que o projeto se tornasse realidade”, frisou Martinazzo. “A parceria com o Governo Estadual e Federal tem trazido empreendimento importantes para Seropédica que mudaram a cidade, tais como a Escola Técnica, a Delegacia Legal, a Clinica da Família, 50km de asfalto, UPA, Maternidade. Isto só foi possível por que há uma parceria entre os governos Federal, Estadual e Municipal, temos mais coisas a pedir como a instalação de um Batalhão da Polícia Militar, inclusive já temos área destinada para isso”, declarou Martinazzo.
Em sua fala o governador lembrou o tempo em que estudou na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), destacou como a cidade era e como ela está ficando agora, brincou que o prefeito Martinazzo gosta muito de pedir e perguntou: o que você vai pedir agora? Mais Programa Bairro Novo, Mais Escolas Técnicas. “Sobrevoando a cidade me emocionei ao ver as ruas do Bairro Campo Lindo asfaltadas e outras em obras, quando estudei aqui na Rural esta área era um brejo, tudo alagado.
Beltrame contou como conheceu Martinazzo em um evento realizado no Centro de Tradições Gaúchas (CTG) de Santa Cruz. “Era um domingo de 2011 e como bom gaúcho estava em um evento no CTG de Santa Cruz, lá conheci o Martinazzo que começou a me perturbar em pleno domingo sobre a questão de segurança na cidade, pois queria trazer uma Delegacia Legal para Seropédica, eu lhe disse preciso de uma área para construir a unidade, de imediato Martinazzo conseguiu a área. Queria dizer que Seropédica tem um prefeito que incomoda muito, porém este é o papel dele”, enfatizou.
O chefe de Polícia Civil, delegado Fernando Veloso, comentou sobre a inauguração da nova delegacia. “Primeiramente quero dar meus parabéns à comunidade que recebe um equipamento desse porte. E falar que o policial que trabalha aqui também está recebendo esse presente. Quero parabenizar a todos, e contem com a Polícia Civil”, disse.

A 48ª DP de Seropédica é uma unidade de grande porte, com uma área construída de 1.017m², distribuída em dois andares, sendo 552,50m² em cada pavimento. As obras da nova unidade e os equipamentos tiveram um custo de R$ 2.806.432,92. “Estamos trabalhando para cumprir as principais metas do Programa Delegacia Legal, que foram a eliminação das carceragens nas delegacias policiais, a melhoria das condições de trabalho para o policial nas delegacias com as novas instalações e a informatização do trabalho policial com a interligação das delegacias em rede. Além disso, a modernização destas delegacias proporciona um ambiente saudável para o policial e para os cidadãos que a elas se dirigem, podendo dispor de tecnologia de informação, o que torna os registros mais ágeis e consistentes”, disse César Campos, coordenador do Programa Delegacia Legal.

MAIS BENEFÍCIOS PARA A CIDADE

De forma descontraída o governador Pezão anunciou a construção da “Trans Martinazzo” e da “Trans Bornier”, que será uma estrada ligando o Arco Metropolitano à Avenida Brasil, passando por trás da UFRRJ, Ligando ao BRT do Eduardo Paes. Traremos mais investimentos no Programa Bairro Novo nos Bairros Campo Lindo, Fazenda Caxias e Boa Esperança. “Em breve começaremos a tirar esta obra do papel, fazer as desapropriações, e investir na construção da Trans Martinazzo”, assegurou.

Pezão entregou ainda diversos equipamentos hospitalares para a cidade. “São de R$ 700 mil em aparelhos hospitalares, entre eles Raio X móvel, Raio X fixo, Eletrocardiógrafo, entre outros.

DSC_0004

 

[flagallery gid=8]

DSC_0002DSC_0027DSC_0010DSC_0056DSC_0070DSC_0072