Foi realizado nesta quinta-feira (7), Jornada Pedagógica com os Professores de Educação Infantil e Anos Iniciais (Diurno e EJA) da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes.

O evento foi realizado no Anfiteatro Gustavo Dutra (Gustavão), na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), em Seropédica, com o Tema “Desafios e Possibilidades para o Sucesso Escolar”. O Mestre de Cerimonia Wilson, Subdiretor da E.M. Panaro Figueira, fez a formação da mesa de honra, que teve a participação do Vice-prefeito Amaurildo Soares, a Subsecretária de Educação Dirce Maria de Oliveira Santos, a Diretora de Ensino Laura Ferreira dos Santos Freire, a responsável pela supervisão de Educação Jussara Castilho, a representante da UFRRJ, Suemmy do CAIC e o Palestrante Professor Júlio Furtado.

Logo no início do teve apresentação dos alunos especiais do Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado (CMAEE antiga APAE) abriu a o evento com apresentação teatral. Logo a seguir foi apresentação musical e teatral dos alunos da Escola Estadual Municipalizada Francisco Rodrigues Cabral, que tocaram Flauta, acompanhados por acordes de violão do professor de música Marlon Vieira.

O Vice-prefeito Amaurildo, cumprimentou os componentes da mesa e disse: “Quero parabenizar e todos e dizer que vocês professores são agentes de transformação, e que formam cidadãos do bem, onde a sociedade os admira e os apoiam. Vocês estão sempre presentes na vida do aluno e pertencem a suas aprendizagens escolares, com isso só tenho de parabenizar”. Comemora Amaurildo.

A Subsecretária de Educação Dirce ao iniciar os trabalhos disse: “Bom dia meus amores, é um prazer estar aqui com vocês, é quero mandar o carinho de nossa Secretária Sonia, ela está com problema de doença em família, por isso ela não está aqui neste momento. É um prazer estar com vocês novamente. Vamos aproveitar a presença do palestrante professor Júlio Furtado, e escutar o que ele tem a nos oferecer, o trabalho dele é excelente, e espero que gostem”.

O Palestrante Professor Júlio Furtado falou sobre sua trajetória como educador e disse: A sala de aula é um universo e não pense que essa afirmação é um exagero. Os alunos, definitivamente, não são iguais. É só imaginar o ambiente escolar de seu filho ou apelar para a memória e lembrar de sua própria trajetória estudantil para atestar essa premissa. Cada jovem possui características próprias e realidades sociais e culturais distintas. E isso influi no processo de aprendizagem. Por isso, cabe ao professor ter a destreza para lidar com variadas personalidades e fazer com que todo o conteúdo transmitido seja assimilado por seus estudantes.

E o primeiro passo para o sucesso dessa empreitada é a mudança de postura do próprio professor. “Só há ensino quando há aprendizagem. Por isso o papel do professor não é ensinar, é fazer aprender, colocar-se do mesmo lado da aprendizagem. Para isso, precisa adequar as suas estratégias”, disse. Inverter a lógica, de acordo com o psicopedagogo, pode ser a chave para um ensino eficaz: “A aprendizagem, para ser significativa, tem que fazer com que o aluno construa um significado, não um sentido.” Destaca Júlio.

Ficha técnica  do professor e Palestrante, Júlio Furtado: Graduado em Geografia, Pedagogia. Pós-graduado em Orientação Educacional, Gestalt-terapia e Dinâmica de grupo. Especialista em PNL (Programação Neurolinguística). Diplomado em Psicopedagogia pela Universidade de Havana, Cuba. Mestre em Educação pela UFRJ. Doutor em Ciências da Educação. Professor Universitário (Graduação e Pós-graduação). Ex-reitor Universitário.