Agentes de saúde distribuem panfletos com orientações de combate ao mosquito

A Prefeitura de Seropédica, através da Secretaria de saúde e Defesa Civil de Seropédica, setor de Coordenação de Vetores, realizou neste domingo (03), várias atividades nas Feiras do km 49, e km 40, com o objetivo de conscientizar a população a combater o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela.

“Não deixando água parada, manter o quintal limpo, tampar as caixas d’aguas entre outras medidas, ajuda a eliminar os focos do mosquito. Oriente as pessoas a procurarem as unidades médicas de saúde (SUS), quando apresentarem febre, dores nas articulações, dores musculares, fadiga, dores nos olhos, isso vai ajudar a localizar os focos dos mosquitos”. 

O Coordenador de Ações Prevenção e Combate as Endemias, Adilson Braga, destaca que além deste trabalho, está sendo realizado vários mutirões nos bairros do município, com participação das equipes de visitas domiciliares, e controle químico, com objetivo eliminação de focos do Aedes Aegypti transmissor da Dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

A Secretária de Saúde e Defesa Civil de Seropédica, Daniela Zanoni Bausen, participou das atividades deste domingo e explicou que podemos eliminar o mosquito Aedes Aegypti, se semanalmente correr a nossa residência e verificar se não existe água parada. “São 10 minutos por semana que vamos perder fazendo este trabalho, e serão com 10 minutos que vamos ganhar esta batalha”. Enfatiza Daniela.

No evento deste domingo, foram distribuídos 1000 folders, 1500 check list, 500 cruzadinhas para crianças e colados 28 cartazes nos comércios.

Porque 10 minutos por semana

Você sabia que com apenas 10 minutos por semana você pode afastar o perigo da dengue, chikungunya e zika?

O mosquito vive dentro de nossas casas. Para garantir a saúde de sua família e de sua comunidade, basta fazer uma checagem de cerca de 10 minutos nos locais onde ele costuma colocar seus ovos.

Esta rotina tem que ser semanal, pois este é o período que o Aedes aegypti precisa para se desenvolver e passar da fase de ovo para a fase de mosquito adulto.

Por que uma vez por semana?

O ciclo de vida do Aedes aegypti da dengue, do ovo até a fase adulta, leva cerca de 7 a 10 dias. Se a verificação e eliminação dos criadouros forem realizadas uma vez por semana, podemos interromper o ciclo e evitar o nascimento de novos mosquitos

O OVO DO AEDES AEGYPTI

O ovo do Aedes aegypti

O ovo do Aedes aegypti é bem escuro e é menor que um grão de areia, por isso é muito difícil enxergá-lo. É depositado pela fêmea do mosquito nas paredes dos criadouros, próximo à superfície d´água.

Ovo do Aedes aegypti. Do tamanho de um grão de areia

LARVA DO AEDES AEGYPTI

Larva do Aedes aegypti

A partir dos ovos, nascem as larvas, que vivem na água. Por seu tamanho reduzido, aproximadamente o de uma cabeça de agulha de costura, dificilmente se vê onde estão. Não gostam de luz forte, por isso, ao abrir a caixa-d´água, por exemplo, elas fogem para cantos sombreados.

Imagem aumentada em um microscópio. As larvas variam do tamanho do buraco de uma agulha comum até uma cabeça de agulha de crochê

MOSQUITO AEDES AEGYPTI

Mosquito Aedes aegypti

Agindo uma vez por semana, impedimos que os ovos se transformem em mosquitos, que têm em média o tamanho de um grão de arroz.

Imagem aumentada aproximada com um equipamento especial. Do tamanho de um grão de arroz.

Fotos Centro de Seropédica

Fotos do Km 40 Rita Batista

 

 

 

Faça o seu comentário