A secretaria de Ambiente e Agronegócio da Prefeitura de Seropédica, promoveu nesta terça-feira (26), uma reunião com os Secretários de Agricultura da Baixada Fluminense, com a finalidade de ajustar as medidas necessárias para estabelecer o Consórcio de Agricultura entre os municípios.

O consórcio tem como principais propostas a produção de empregos e geração de renda, criando oportunidades para as famílias na área rural, além da cooperação dos municípios promovendo assim uma maior interação com o governo estadual.

Participaram da reunião os secretários: Janir Menezes (Mesquita), Daniel Eugênio (Guapimirim), Abílio Cardoso (Queimados), João Paulo Teixeira (Paracambi); assessor Paulo César G. Soares; Superintendente João Sena, juntamente com o Subsecretário de Agronegócios de Seropédica Glauco Antunes, a Engenheira Agrícola Ambiental Thaís Barbosa, Engenheiro Agrônomo, Adriano Malheiros e a Geóloga Nathália Fernandes.

O Secretário de Agrícola e Desenvolvimento Rural do Município de Queimados, Abílio Cardoso, disse: “Quando fui Vereador de Queimados, achei importante a criação de um Consorcio, porque via a agricultura minúscula, muito pequena no meu município como em todo. Foi neste momento que chamei, Fernando Cid, de Nova Iguaçu, Zanin de Mesquita, Eugenio de Guapimirim, o Prefeito de Japeri, o Prefeito de Paracambi, O Prefeito de Seropédica, para criarmos um Consorcio Rural na Baixada Fluminense, para ajudar o Agricultor Familiar, ajudar o Agronegócio da nossa região, para podermos gerar emprego e renda, que hoje é o grande problema da baixada”

“O Consorcio está praticamente pronto, já temos o apoio do Secretário de Agricultura do Estado, Eduardo Lopes, do Secretário de Governo do Estado, do Secretário de Desenvolvimento do Estado. Convidamos a todos para participarem do Consorcio para desenvolver a agricultura de nossa região, e vamos aproveitar o Arco Metropolitano, que ele corta praticamente todos os municípios da baixada”.

“O Consorcio vai ser Gerido pelo Prefeito do Consorcio, e terá um Secretário escolhido entre todos om municípios participantes, que vai secretariar o consorcio em si. Será criado um conselho e todas as demandas serão enviadas para lá. A ideia é que o Consorcio vá apoiar em toda comercialização, a plantação, o escoamento da produção, e o agronegócio que for implantado dentro das áreas rurais. O Consorcio é para isso, dar a dinâmica da produção da baixada, ajudar o agricultor familiar, ajudar a quem mais precisa a produzir, e vamos dar a ele o direito que é dele consagrado, porque ele que planta, que colhe, então vamos acabar com a figura do atravessador, que tira a grande parte do lucro do produtor rural. O Consorcio vai ser lançado no dia 30 de maio, as 10:00 horas, na UFRRJ em Nova Iguaçu, com a presença do Governador Witzel, o Secretário de Agricultura do Estado, e vários parlamentares. Agradeço o apoio do Subsecretário de Agricultura de Seropédica, Glauco Antunes, como todos os outros que já vem nos acompanhando nesta jornada”. Destaca Abílio.