‘Viajante do tempo’ diz que ‘algo grande que chocará o mundo’ vai acontecer no dia 25

0
370

Uma pessoa que diz ser um “viajante do tempo” tem más notícias para todos nós. Segundo ele, que tem mais de 1,2 milhão de seguidores no TikTok, dezembro será um mês de grandes mudanças para a Humanidade. No dia 20, oito humanos receberão superpoderes provenientes da energia do Sol. Em 25, dia do Natal, continua a viajante, que se apresenta como ThatOneTimeTraveler, “algo grande vai acontecer que chocará o mundo e mudará a maneira como os humanos vivem para sempre.”

Ficou receoso? “Isso provará 100% que sou uma verdadeira viajante do tempo real, não se esqueça da data”, afirmou a misteriosa figura.

 

'Viajante do tempo' faz mistério sobre 25/12
‘Viajante do tempo’ faz mistério sobre 25/12 Foto: Reprodução/TikTok

O “viajante do tempo” afirmou em uma postagem anterior no TikTok que o “grande dia será lembrado por séculos e mudará a forma como os humanos vivem”. Além disso, o “viajante do tempo” afirma que os países conhecidos como Suécia, Noruega, Reino Unido e Finlândia vão “se unir” em 2027 “criando uma enorme potência”. Essa superpotência atrairia nos anos seguintes outros países para o bloco.

“Outros países gostarão dessa ideia e isso vai inicira uma grande faísca na união de grandes nações“, explica ThatOneTimeTraveler.

Em 2024, de acordo com as datas anotadas pelo “viajante do tempo”, um bunker de 35 mil anos será “descoberto”.

O bunker, que supostamente estaria localizado na Argentina, “tem muitos segredos dentro dele, como tecnologia, códigos ocultos e muito mais.

Outra data interessante para lembrar, de acordo com este usuário do TikTok, é 20 de agosto de 2022.

ThatOneTimeTraveler diz: “O céu em toda a Terra vai ganhar uma cor verde brilhante.”

“O céu ficará verde porque explodirá um planeta não muito longe da Terra cheio de pedras verdes. O céu verde durará cerca de 5 horas e depois desaparecerá lentamente”, explicou.

O TikToker também afirma que, em 2022, o Los Angeles Lakers derrotará o Brooklyn Nets no jogo 7 da final da NBA.

Fonte: Jornal Extra