Sessão solene reafirma parceria entre Prefeitura e Câmara contra cobrança de Pedágio em Seropédica

0
130

O bom relacionamento entre os Poderes Executivo e Legislativo de Seropédica, mais uma vez foi demonstrado na Sessão Solene que iniciou os trabalhos legislativos de 2022, que aconteceu nessa terça-feira (15).

A Vice-prefeita – Vandrea Furquim –, o procurador-geral do Município – Dr°. Luiz Fernando Evangelista –, os secretários municipais – Fábio Moffati, Alex Villela, Walter Carneiro, Alexandre Rafael, Anderson Medeiros, Gecimar Aragão e Nelson Matos –, e a secretária municipal – Edilaine Graciano –, comparecerem à sessão representando o Prefeito de Seropédica – Professor Lucas – , na busca pelo interesse da população quanto à continuidade da isenção da tarifa de pedágio para veículos com placas de Seropédica no pedágio Viúva Graça, administrado pela concessionária CCR Nova Dutra.

“A procuradoria-geral do Município está tomando as medidas cabíveis para que possamos reverter essa situação o mais breve possível. Estou no Distrito Federal para dialogar com autoridades políticas e buscar uma solução. Agradeço ao apoio da Câmara de Vereadores. Precisamos garantir o direito de nossos munícipes de se deslocarem de um bairro a outro da cidade. Essa cobrança é indevida”, explicou o Prefeito de Seropédica – Professor Lucas.

Em Brasília à trabalho, o Prefeito Professor Lucas está se reunindo com autoridades políticas para buscar uma solução rápida e garantir que veículos com placas de Seropédica voltem a ter isenção na tarifa do pedágio Viúva Graça (Viuvinha), localizado no quilometro 0 (antigo km 54) da Rodovia Luiz Henrique Resende Novaes (antiga Estrada Rio-São Paulo), no bairro Santa Sofia.

“A isenção à tarifa do pedágio Viúva Graça é um Direito coletivo dos cidadãos de Seropédica incorporado como patrimônio dos Seropedicenses. Além disso, o Direito a essa isenção foi uma condição para a instalação do pedágio, sendo assim, desrespeitar esse Direito viola uma determinação do Tribunal de Contas da União (TCU) e também aos princípios da Confiança e da Segurança Jurídica, o que prejudica a Administração Pública Municipal e a população de Seropédica”, esclareceu o Procurador-Geral do Município – Dr°. Luiz Fernando Evangelista.

Por: Hudson Glória                                                                                                  Fotos: Mira Monteiro