Prefeito Eduardo Pães visita o Comunidade do Mendanha e promete investir na Agricultura

0
235

A TV Jaguanum que faz parceria com o Site de Notícias Seropédica Online, esteve neste último sábado (22), acompanhando a visita do Prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Pães, a comunidade do Mendanha em Campo Grande, onde foi conhecer de perto as potencialidades da Agricultura Familiar que cresce muito nesta região.

O Vereador Zico foi o intermediador da solicitação dos Agricultores, em pedir ao Prefeito Pães o retorno da Secretaria da Agricultura. “Campo Grande é um bairro muito grande, aqui poderia estar funcionando o Ceasa, a quantidade de agricultores que temos nesta região é muito grande, e a produção de alimentos desta localidade é especial porque não tem agrotóxicos. Além disso está comunidade tem uma área de Turismo muito extensa, e precisamos investir no Turismo construindo uma ciclovia”. Enfatiza (Vídeo).

O Prefeito agradeceu a presença de todos e disse que depende de projetos para o dinheiro ser aplicado. “Tenho entre meus remorsos que no mandato passado não tratei de maneira adequada a produção agrícola. Não vamos criar a Secretaria de Agricultura, mas sim vamos recriar a Coordenadoria de Agricultura para ajudar o produtor Rural do Rio de Janeiro”. Em seu discurso falou de outros projetos. (Vídeo em anexo).

O Bairro de Campo Grande vem crescendo muito incompatíveis com a real vocação da região, que seria a de um polo agrícola. A zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, vem apresentando, também, potencial para outras atividades, dentre elas o turismo, nas áreas de baixadas e o ecoturismo, nas áreas legalmente protegidas dos maciços litorâneos como do Sub-bairro do Mendanha.

A Zona Oeste sendo constituída de grande beleza natural (paisagem exuberante, com rios, manguezais, mata, praias, restingas, etc.) e com a presença de Unidades de Conservação, a exemplo do Parque Estadual da Pedra Branca e do Parque Municipal Gericinó no Mendanha, a Zona Oeste (região menos favorecida por planejamentos urbanos mais efetivos do município) deve ser utilizada de forma racional, procurando explorar, de maneira correta, suas potencialidades.

No entanto, no entorno, abrem-se baixadas com forte pressão antrópica e variadas condições sociais, muitas vezes contrastantes, alternando-se processos de favelização com loteamentos de alto luxo, como reflexo de urbanizações descontroladas. Complementando este quadro, a zona oeste apresenta um forte potencial agro-silvo-pastoril, traduzido pela presença de sítios transformados em floriculturas, criação de gado e cavalos de raça, aviários, apiculturas, entre outras atividades ligadas, ainda, ao ambiente rural.

Só temos de parabenizar ao Vereador Zico e ao Prefeito Eduardo Pães em atender os anseios da população, que está passando por dificuldades serias, devido a pandemia do Coronavírus que assola a população, principalmente de quem vive da terra para sobreviver.