Em dois dias, a publicação recebeu 95,4 mil curtidas, 3.420 retweets e 1.621 comentários; usuários da rede contaram histórias parecidas

Na terça-feira (26), o médico ortopedista Victor Hugo Heckert, de 29 anos, publicou em seu perfil no Twitter a cópia de uma mensagem que recebeu por engano no WhatsApp. Não seria nada fora do comum se o assunto da conversa não fosse a sua demissão, o que o deixou indignado. Em sua postagem, ele avaliou, ironicamente, a mensagem: “Totalmente profissional e madura”.

Ele não imaginava que essa nova “modalidade” de comunicação do desligamento de uma empresa fosse tão popular. Em pouco tempo, o post viralizou, e muita gente que passou por situação parecida também resolveu publicar mensagens de demissão recebidas via WhatsApp. Até o início da noite desta quinta-feira (28), já eram 95,4 mil curtidas, 3.420 retweets e 1.621 comentários.

Heckert trabalhava às segundas e quinta-feiras em uma unidade de saúde de Barão de Cotegipe, no Rio Grande do Sul, onde era contratado como pessoa física. O ortopedista diz que colegas seus também foram demitidos dessa forma.

Imagem

O médico conta que o funcionário da empresa que lhe mandou a mensagem disse ter pensado que ele já tinha sido avisado, pois o novo contratado começaria a trabalhar na semana seguinte. As críticas e a indignação de Heckert dizem respeito à maneira como a demissão foi realizada, não ao desligamento em si. 

Veja, a seguir, alguns dos comentários publicados no post do médico gaúcho:

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Fonte: R7