Tiroteio entre PMs e criminosos no Juramento deixa cinco mortos

0
233

Confronto intenso forçou a interrupção do metrô e levou pânico às ruas de Thomaz Coelho

Uma intensa troca de tiros em Thomaz Coelho, na Zona Norte do Rio, deixou pelo menos cinco pessoas mortas, no fim da tarde desta quinta-feira (1º). Segundo a Polícia Miliar, equipes do 41º BPM (Irajá), com o apoio de outras unidades das zonas Norte e Oeste do Rio, realizaram uma operação conjunta nas Comunidades do Juramento, em Vicente de Carvalho, e do Chapadão, em Costa Barros. Confronto forçou a paralisação da circulação do metrô na estação da região.
 
No fim da tarde, quando as equipes saíram da Comunidade do Juramento, suspeitos da Comunidade do Juramentinho, que voltavam para tentar ocupar a comunidade que havia sido alvo da operação, atacaram os policiais e houve confronto. Três suspeitos foram atingidos e levados para o Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, na Zona Norte, mas não resistiram aos ferimentos. Outros dois suspeitos, que também foram atingidos, morreram ainda na região da ação. Os agentes apreenderam seis fuzis e uma pistola calibre 50 na operação.
 
Imagens feitas de uma janela por um morador mostram um carro de polícia chegando na região, com a sirene ligada. Eles são recebidos por tiros. No vídeo, é possível ouvir os disparos perto da estação do metrô.
Em outra filmagem feita por um morador, suspeitos armados com fuzis correm pela calçada da Avenida Pastor Martin Luther King, em frente à estação de metrô Thomaz Coelho, em meio a sons de disparos de armamento pesado.
 
Um outro registro flagra dois PMs colocando dois corpos na carroceria de uma picape. Eles, então, ouvem tiros e abaixam para se proteger.
 

A Polícia Militar informou que a Avenida Pastor Martin Luther King Jr. está fechada na altura da região, para garantir a segurança da população. A PM disse ainda que atua na localidade para restaurar a ordem.

Paralisação no metrô

 
Por conta da troca de tiros, a circulação do metrô foi interrompida durante 12 minutos. Imagens mostraram diversos passageiros que tiveram que sair as pressas do metrô devido ao tiros.
 
Em nota compartilhada no Twitter, o MetrôRio confirmou que a circulação da linha dois no sentido Botafogo x Pavuna já foi reestabelecido.
 
Por conta da ocorrência, o Centro de Operações Rio chegou a pedir a atenção ao motoristas para que evitassem a região.
 
Fonte: O DIA