A Argentina estabeleceu novos requisitos para entrada e saída do país por via aérea, a partir desta sexta-feira (25) até o dia 8 de janeiro, informou o Ministério do Interior em comunicado divulgado nesta quarta-feira (23), em uma tentativa de conter o coronavírus.

Apenas dois aeroportos do país foram autorizados para viagens internacionais, Ezeiza e San Fernando, ambos atendendo a região da capital, Buenos Aires.

Entre as exigências estão um teste negativo para o coronavírus e a realização de uma quarentena obrigatória de 7 dias, disse o ministério.

De acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde, há 1.555.279 casos de coronavírus na Argentina, com 42.254 mortes pela doença e 1.379.726 pessoas que se recuperaram.

Fonte: Terra Brasil Noticias