Equipes de resgate ainda vasculham os destroços deixados pelo tremor, cujo epicentro se deu em uma região pouco povoada do litoral, a 170 quilômetros de Quito

Subiu para 235 o número de mortos após terremoto de magnitude 7,8 na escala Richter registrado na costa do Equador, em uma região próxima à cidade de Muisne, no noroeste do país, neste sábado.

Segundo o vice-presidente do Jorge Glas, mais de 1,5 mil pessoas estão feridas.

Ainda segundo o político, há 241 médicos e paramédicos membros da Cruz Vermelha trabalhando no atendimento às vítimas.

Equipes de resgate ainda vasculham os destroços deixados pelo tremor, cujo epicentro se deu em uma região pouco povoada do litoral, a 170 quilômetros de Quito.

naom_5713cf5b349b6 naom_5713cf6e5d9c2 naom_5713cf7c607d7 naom_5713cf8c836c1 naom_5713cf99ed53e naom_5713cf669d632 naom_5713cf740ae65 naom_5713cf855b381 naom_5713cf938aa6f naom_5713cfa0b5bcb naom_5713cfa711e7d naom_5713cffa06500