Mandados de busca foram realizados em procedimentos investigatórios sigilosos

Rio – O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) realizam, nesta sexta-feira, a Operação Erga Omnes, para cumprir 22 mandados de busca e apreensão na residência de dois juízes estaduais e em mais 19 endereços, entre residênciasempresas e escritórios de advocacia, envolvendo outros 16 alvos.

Com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ) e da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ), a operação teve a participação de 19 promotores de Justiçatrês juízes da Corregedoria do TJRJ e 17 oficiais de Justiça.

Os mandados de busca foram realizados em procedimentos investigatórios sigilosos no Órgão Especial do Tribunal de Justiça, que apuram a prática de delitos atribuídos aos magistrados.

O DIA