Na última quinta-feira, dia 3, estudantes de Seropédica (Rio de Janeiro/RJ) puderam conhecer diversas tecnologias e pesquisas desenvolvidas pela Embrapa Agrobiologia, durante feira de ciências realizada no Centro de Atenção Integral à Criança (CAIC) Paulo Dacorso Filho. A iniciativa integrou a Semana Pedagógica de Seropédica, promovida pela Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura (SMECE) entre os dias 1 e 4 deste mês, com atividades simultâneas também na SMECE e na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).
A feira, que reuniu trabalhos interdisciplinares de diversos estudantes do ensino fundamental II, contou com um estande da Embrapa Agrobiologia, no qual os analistas Ernani Jardim, Bruna de Matos, Edson Martins, Nátia Élen Auras e Marcelo Ricalde, além da assistente Valéria Pereira, apresentaram um pouco do trabalho desenvolvido na Unidade. Foram expostas tecnologias como o composto orgânico 100% vegetal e o xaxim agroecológico, além de um minhocário, um insetário, produtos da Fazendinha Agroecológica Km 47 e materiais dos projetos Agroecologia para Gente que Cresce e Embrapa & Escola.
“A curiosidade do público foi muito grande. Percebi que quanto mais a gente mostrava as coisas mais as pessoas queriam saber”, conta Valéria. “Algumas nem conhecem certos produtos, a exemplo de um aluno que me perguntou se rabanete era morango. Então é muito legal mostrar o que está do outro lado da estrada, o que a gente faz aqui”, pontua.
Para Marcelo, a participação na feira de ciências foi uma boa maneira de aproximar as crianças da pesquisa e da ciência, já que elas são curiosas. “Levamos alguns insetos que são inimigos naturais de pragas agrícolas e a curiosidade e a vontade de saber mais sobre o assunto eram grandes. Todos perguntavam e queriam ver mais de perto os bichos”, lembra o analista.
Sobre o evento – Além da Feira de Ciências, a Semana Pedagógica de Seropédica envolveu oficinas, palestras e feira cultural. Além das crianças, o público envolveu ainda professores, coordenadores e diretores pedagógicos de escolas da região. “Foram dias de intensa atualização, com atividades práticas e reflexivas no que diz respeito aos processos de ensino e aprendizagem”, disse a secretária municipal de Educação, Cultura e Esporte, Lúcia Baroni.
3456

Faça o seu comentário