O Projeto Ginga Firme de Capoeira fica localizado no Condomínio Jardim das Acácias, Bairro Santa Sofia em Seropédica

O projeto Social Ginga Firme foi criado pelo Mestre Marcão e por Reinaldo Alves, conhecido como Munitor Blayd. “Este Projeto já tem tres anos, e foi feito para ajudar nossas crianças a não entrar no mundo do crime e nem do vicio. Hoje temos 78 participantes entre crianças adolescentes e adultos. Este projeto tem o apoio do Deputado Federal Wilson BeserraWattyla Cebolinha e Xandão,  sendo de fundamental importância para continuação de nossos trabalho.  Este projeto tem ajudado nossas crianças como relatam seus pais, porque o  jogo de Capoeira também aprimora o controle emocional, estimulando a observação e a defesa, quando necessária, tirando a agressividade e a violência entre os jovens”. destaca Munitor Blayd.

O Mestre Marcão e Presidente do Ginga Firme, agradece a todos que participam deste grande projeto, aos pais das crianças que incentivam. Agradeço também aos Capoeiristas que nos ajudam, muitos deles vieram de outros municípios como Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Itaguaí, e aqui esta presente muito deles como: “Mestre Esquilo, Mestrando Esquilo Novo, Mestre Rução, Mestrando parafina, Estagiário Neguinho, entre outro Mestres de capoeira que são de suma importância para este projeto. As crianças se sentem bem aqui, muitos trazem seus cadernos da escola mostrando as notas boas que recebem de seus professores, como fosse um troféu, é isso nos deixa muito orgulhosos e que vimos que nosso trabalho é útil para sociedade” agradece Marcão.

O Deputado Federal Wilson Beserra é um grande incentivador dos projetos voltados para o esporte e educação infantil e adulta. Alguns projetos de Wilson está tramitando na Câmara dos deputados para melhoria da área esportiva da UFRRJ, que poderá ser usada pela população do município de Seropédica e sendo monitorada pelos professores de Educação Física da rural.

Wilson fala que este projeto da capoeira é  um dos caminhos para a transformação da sociedade, e acredita que com o desenvolvimento de uma proposta pedagógica e lúdica vai valorizar o respeito a diversidade étnico-racial, cultural e social de cada indivíduo, cada criança vai encontrar o equilíbrio entre o real e o imaginário. Com isso, vai se descobrir como um agente formador e reprodutor da cultura brasileira e do saber.”

Foi no século 16 que a Capoeira surgiu pela primeira vez em terras brasileiras. Mistura de forma de luta e culto religioso, ela veio junto dos negros que, originários da África, foram trazidos aos milhares para o trabalho escravo. Naturalmente, eles não tinham liberdade alguma de praticar suas tradições, por isso, a Capoeira era então apresentada de modo disfarçado, como se fosse uma dança com canto e mais nada. Aos poucos, porém, ela acabou por vingar em todo o Brasil, ganhando diversidade de estilos. Um dos mais populares (e antigos) é chamado de Capoeira Angola, caracterizado por golpes baixos, rentes ao chão, e animado pela música de ritmo lento.DSC_0065ginga firmeDSC_0001 DSC_0002 DSC_0003 DSC_0004 DSC_0005 DSC_0006 DSC_0007 DSC_0008 DSC_0009 DSC_0010 DSC_0011 DSC_0012 DSC_0014 DSC_0015 DSC_0016 DSC_0017 DSC_0018 DSC_0019 DSC_0020 DSC_0021 DSC_0022 DSC_0023 DSC_0024 DSC_0025 DSC_0029 DSC_0030 DSC_0031 DSC_0032 DSC_0033 DSC_0034 DSC_0035 DSC_0037 DSC_0038 DSC_0039 DSC_0040 DSC_0041 DSC_0042 DSC_0043 DSC_0044 DSC_0045 DSC_0046 DSC_0047 DSC_0048 DSC_0049 DSC_0050 DSC_0051 DSC_0052 DSC_0053 DSC_0054 DSC_0055 DSC_0056 DSC_0061