Brincadeiras divertidas que você pode fazer dentro de casa com as crianças

 

O momento nos pede para ficarmos em casa, cuidar de nós mesmos, cuidar da nossa família, cuidar da nossa saúde física, nos nutrindo com alimentos saudáveis e também da nossa saúde emocional e mental. Nossos filhos também precisam ter um tempo para olhar para dentro de si mesmos, entender as suas emoções e compreender como as nossas emoções interferem no nosso corpo físico.Criança aprende observando e brincando!

Então vamos compartilhar aqui algumas brincadeiras simples para fazer em casa, algumas que envolvem toda a família (que é o chamado agora que estamos todos juntos por mais tempo!) e que exploram o autoconhecimento, a autodescoberta e a consciência das emoções. Assim vamos aprendendo a lidar com as nossas emoções, a respirar de forma consciente e iniciar práticas de meditação desde cedo e de forma divertida.

Vamos mostrar como os nossos pensamentos criam a nossa realidade, a importância de agradecermos por tudo, mostrar como a nossa mente fica quando estamos confusos e agitados e como podemos relaxar. Vamos lá! 🙂

DICA 1: O EXPERIMENTO DO POTE DE ARROZ PARA MOSTRAR COMO OS PENSAMENTOS INFLUENCIAM EM NOSSAS VIDAS

Esse experimento é fantástico e para toda família fazer parte! Ele mostra como os nossos pensamentos influenciam a nossa realidade. Nós criamos tudo que pensamos! O cientista e pesquisador Masaru Emoto fez este experimento com arroz:Emoto colocou três porções de arroz cozido em frascos de vidro separados. Em um deles, o cientista escreveu “Thank You, I Love You” (“Obrigado, Eu Te Amo”), em outro “I Hate You, You Fool” (“Eu Te Odeio, Seu Idiota”), e o terceiro foi totalmente ignorado. Durante 30 dias, ele pediu aos alunos que gritassem pra cada um dos frascos o que estava escrito neles. No final desse tempo, o arroz do frasco com o pensamento positivo tinha começado a fermentar, largando um aroma agradável; o segundo, estava praticamente todo preto; e o frasco ignorado era um acúmulo de bolor, caminhando pra decomposição.

Nós fizemos aqui em casa durante um mês, criamos as frases do nosso jeitinho, mas com o mesmo conceito: um pote receberá amor e gratidão; um dos potes receberá raiva e ódio e um dos potes será ignorado – lembra de anotar nos potinhos qual é qual e todo dia emanar essas emoções a eles.

Durante o experimento e ao final dele você pode mostrar a importância de estarmos sempre com pensamentos positivos e não ignorar ninguém.

Ainda que membros da comunidade científica questionem alguns métodos e a credibilidade do japonês, parece haver uma relação clara entre as duas coisas – a sua energia, o seu pensamento, positivo ou negativo, e o ambiente ao seu redor. E ao experimentar na prática isso fica muito claro!

Se você quiser aprofundar mais na história e nos experimentos de Emoto, confere esse documentário:

DICA 2: O POTE DA CALMA

Essa brincadeira é fantástica e da para fazer com crianças pequeninhas também, você só vai precisar de um pote de vidro com água e gliter dentro dele, você pode chamá-lo de POTE DA CALMA, ele é inspirado no método Montessori (que propõe a criação de um ambiente de aprendizado mais criativo, o “pote da calma” (calming jar, em inglês) é usado para acalmar crianças pequenas depois de uma situação de briga ou choro).O objetivo é distraí-los com a tinta e o glitter se movendo dentro do recipiente e também mostrar a eles que nossos pensamentos são como o glitter em movimento dentro do pote e a medida que nos acalmamos, os pensamentos e emoções turbulentas vão assentando, o gliter também vai descendo ao fundo do pote. Você deixa que eles se concentrem no vidro, voltam a atenção para o efeito e eles criam tempo para respirar e se acalmar.

Além disso, cria um momento propício para que as crianças se expressem e tentem explicar os motivos de raiva ou tristeza. Então você pode gentilmente conversar depois que seu filho se acalmar, tentar entender porque estava sentindo determinado sentimento ou emoção.

Confere o potinho da CALMA nesse vídeo feito com crianças:

Bom, agora vamos para a parte divertida que é fazer o pote com eles! Você pode deixar eles escolherem o pote (melhor não ser de vidro para evitar acidentes), a cor do gliter, da purpurina, se vão fazer uma pinturinha no pote, etc… 

É possível fazer diversos potes, com efeitos variado. Veja o passo a passo a seguir:

  • 1 pote ou garrafa com tampa (se você optar pelo pote de vidro só utilize se você estiver junto com a criança)
  • 1 ou 2 colheres (sopa) de cola glitter
  • 3 ou 4 colheres (chá) de purpurina
  • 1 gota de corante alimentar (se quiser)
  • Água quente

Dentro do pote, despeje a água quente e a cola glitter. Mexa até que o glitter da cola se desmanche. A quantidade de água depende da capacidade do pote, pois você deve deixar um espaço vazio na parte superior do vidro para agitar o conteúdo. Acrescente a purpurina e misture novamente. Adicione uma gota de corante alimentar e feche bem a tampa do pote.

 

Caso as crianças sejam maiores você pode conversar sobre o que eles estão sentindo naquele momento, ou pedir para eles escreverem em um caderno anotando o que estava acontecendo, o que estavam sentindo e como reagiram. Houve uma reação física, como coração acelerado, dor no pescoço e ombros? O que pode ser feito para mudar este estado de ânimo?

DICA 3: O MOMENTO DA GRATIDÃO

Agradecer pelo que temos é maravilhoso! Nós temos uma Garrafinha da Gratidão em casa e ela é fantástica para exercitar a gratidão desde cedo nas crianças! Quanto mais agradecemos, mais bençãos acontecem em nossas vidas! Quantas coisas simples mas maravilhosas temos a agradecer: podermos ver a beleza do mundo, sentir o abraço de um amigo, podemos aprender alguma coisa nova todos os dias, agredecer por um alimento que nutre nosso corpo, pela família que temos…tudo isso vem incorporado com um sentimento como alegria, amor, leveza, solidariedade, satisfação!Toda vez que agradecemos trazemos para nossa lembrança estes sentimentos maravilhosos que aquele momento nos proporcionou. Então vamos fazer o POTE DA GRATIDÃO! Aqui fizemos com uma garrafa de vidro (para caber todas as bençãos da família que é grande, rs), então você pode fazer um pote grande para todos eles colocarem no mesmo pote ou pedir que cada um confeccione o seu próprio pote. A ideia é que você reserve um momento especial para que eles agradeçam, escrevam em um papel e coloquem no pote. 

Para fazer o pote você precisa apenas enfeitar um pote de vidro, você pode levar ele pronto ou pedir que cada um confeccione o seu. Aqui em casa para o pote ficar mais bonito nós pintamos uma garrafa com tinta para vidro, esperamos secar e depois usamos cola com glitter para desenhar no pote. Você pode usar renda, tecido, aí vai da sua imaginação.Nós vamos colocando os bilhetinhos e no fim do ano, ou em uma data que definimos, nós abrimos todos e lemos! E ótimo reler e conectar com aquelas sensações e lembranças de tudo que agradecemos!  

DICA 4: RELAXAMENTO

Essa não é uma brincadeira mas você pode criar esse momento de relaxamento em casa de uma forma divertida, aí já vira brincadeira! Apenas relaxar e respirar. Que tal convidar seu filho para criar esse ambiente de relaxamento em casa? Qaul lugar ele gosta de ficar? Quais elementos ele quer levar para este lugar? Quem sabe montar uma barraquinha com tecidos ou lençois? Uma almofada que está querendo ser utilizada em casa? Fazer um desenho e colar na parede? Enfim…criar um cantinho especial apenas para isso!

Você pode ir junto e simplesmente guiar um relaxamento…focar na respiração, respirando juntos, bem lento e profundo. Você pode colocar uma música relaxante…ou você pode guiar uma história que relaxe, de repente ele pode participar na criação dessa história e estimular a criatividade e a imaginação! 

 

Faça o seu comentário