Missa Festiva e Terço Vivo em Honra a Nossa Senhora das Graças em Seropédica

0
226

Foi realizado neste último sábado (26), Missa Festiva em Honra a Nossa Senhora das Graças, com Terço Vivo, na Paroquia do mesmo nome em Seropédica.

O dia de Nossa Senhora das Graças é celebrado anualmente em 27 de novembro, data que coincide com a aparição da Santa para a noviça francesa Catarina de Labouré, em 1830. Também conhecida por Nossa Senhora da Medalha Milagrosa e Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças, Nossa Senhora das Graças é um dos títulos atribuídos à Virgem Maria pela Igreja Católica. Este ano o Padre Paulo Sergio da Paroquia Nossa Senhora das Graças, resolveu trocar o dia de sua festividade porque dia 27 inicia o Advento.

As festividades iniciaram com o Terço Vivo, onde cada membro da Igreja rezava um Pai Nosso e a sequência de Aves Maria, até completar um círculo de orações.  O Terço é uma parte do Rosário, dividido em dezenas e composto por 50 orações. É praticado fielmente pelos católicos mundo afora como modo de demonstrar a fé existente em Nossa Senhora, visto que a palavra “Rosário” vem de “coroa de rosas oferecida à Nossa Senhora”

Logo após o Terço Vivo teve início a Santa Missa, onde o Padre Paulo Destacou a importância de Maria na vida dos fiéis, bem como a importância da oração diária, para romper com todos os desafios e tempestades ocorridas nesse tempo. Frisa também que “desde sempre Maria foi a cheia de Graças. E pelo sim, Maria recebe a Graça maior, ser a Mãe do Salvador. ”

Durante a Homilia o Padre Paulo Sergio fala sobre o primeiro milagre de Jesus que foi a pedido de sua Mãe, Maria. Jesus tinha sido convidado para um casamento em Caná, na região da Galileia, junto com sua mãe e seus discípulos. Antes do fim do casamento, sua mãe lhe avisou que o vinho tinha acabado. Jesus disse à sua mãe que seu tempo ainda não tinha chegado. Então Maria disse aos serviçais “Fazei tudo o que ele vos disser”. Jesus mandou encher seis potes muito grandes com água e entregar ao encarregado da festa. Os serviçais obedeceram, e o encarregado da festa ficou surpreso com a boa qualidade daquilo que agora era vinho! 

Em destaque: Durante a Eucaristia quatro menbros da Igreja fizeram a 1º Comunhão, Erica Pereira de Abreu, Mauricio Alves Pereira, Adriana de Carvalho Lisboa e Julia Luciano Moreira. “De forma simplificada, primeira eucaristia e crisma são acontecimentos que acontecem em momentos diferente da jornada à salvação e possuem significados diferentes: um marca o compromisso coletivo com o corpo de Cristo e o outro marca a reafirmação do renascimento e dos votos individuais com Deus”.

Logo após a Santa Missa em uma demonstração de Fé e Louvor a Nossa Senhora das Graças, crianças vestidas de Anjos, jogam pétalas de rosas sobre a Imagem da Imaculada, colocam um manto sobre seus ombros e fazem a sua Coroação.

“Maria é nossa mãe modelo e exemplo de humildade e amor. O gesto de coroar Nossa Senhora é uma demonstração de nosso carinho e devoção a ela. Através das crianças, representamos a alegria da presença de Cristo em nossa vida. Foi do “sim” de Maria que o verbo se fez carne e habitou entre nós” enfatizaram as Catequistas da Paroquia, Dinalia, Eliane e Ivanete.

Fotos do Terço Vivo

Inicio da Missa Festiva

Coroação de Nossa Senhora das Graças pelas crianças, e crianças da Catequese