Nos últimos dias, intensificaram-se as ações hostis contra os membros da Igreja na Nicarágua, inclusive com fechamento de rádios católicas

Uma imagem gerou grande impacto na Nicarágua, onde os católicos estão sofrendo dura perseguição do regime de Daniel Ortega. O bispo da diocese de Matagalpa, Monsenhor Rolando Álvarez, saiu em procissão com o Santíssimo Sacramento em mãos depois que a polícia o impediu de entrar na cúria para celebrar a Missa, como de costume.

“Saí e já havia um grupo de fiéis que estavam fazendo adoração ao Senhor. [Os policiais] estava revistando suas coisas, pediam a carteira de identidade, mas não os deixavam entrar [na cúria]; e quando saí já havia um grupo de fiéis cantando ao Senhor, então mandei trazer Jesus Sacramentado para que pudéssemos rezar aqui, para abençoar os fiéis”, ressaltou o bispo.

Monsenhor Álvarez, que há tempos vem protestando contra a ditadura de Ortega, enfrentou a polícia e os paramilitares que cercam e bloquearam a região da cúria episcopal, conforme noticiado pela mídia local.

Diocese de Matagalpa

 “Diga-nos se vão deixar os fiéis entrar na cúria, diga-nos se vão permitir que celebremos a Eucaristia com os meios de comunicação, se vamos poder ter livre circulação, se vão parar de fechar as ruas da cúria, se vão retirar as forças policiais que estão até dois quarteirões à volta da cúria”, expressou o bispo, como se vê num vídeo transmitido por um jornalista.

 

O bispo também abençoou os policiais ao seu redor e, de joelhos, rezou por eles e pediu que deixassem os católicos em paz.

 

Momentos de tensão

 

Daniel Ortega mandou fechar seis emissoras de rádio católicas na Nicarágua. Em uma delas, um padre tentou impedir que os policiais retirassem os equipamentos de transmissão e ficou sitiado na casa paroquial anexa à capela Menino Jesus de Praga, em Sébaco, onde funcionava a rádio.

A paróquia pertence à Diocese de Matagalpa, e o padre Uriel Vallejos narrou, pelas redes sociais, os momentos de tensão que passou enquanto ficou trancado depois que a polícia invadiu a capela. Os detalhes desta história dramática você pode ler aqui.

Países Comunistas são contra o Cristianismo

Imagem