No período compreendido entre 23 e 27 de abril a Prefeitura de Seropédica juntamente com a Igreja de São Jorge estarão realizando uma festa em homenagem a São Jorge, santo considerado o patrono das Forças Armadas e o Padroeiro extraoficial do Estado do Rio de Janeiro, também conhecido nas religiões afro-brasileiras como Ogum.

“As datas de cunho religioso são sempre lembradas pela Prefeitura, estamos em plena sintonia com as instituições religiosas do município, sejam de quaisquer denominações. Nosso objetivo é sempre demonstrar o devido respeito em relação aos conceitos de cada religião, respeitando assim à fé dos praticantes”, afirmou Martinazzo.

O evento será realizado no Parque de Eventos de Seropédica (km 43 da ant. Est. Rio-São Paulo/área da EXPO) e contará com dois palcos onde serão realizados tanto shows religiosos quanto apresentações populares.

Um dos jiraus abrigará a seguinte programação: João e Gabriel 23/04 (quinta-feira), Banda Balacobaco 24/04 (sexta-feira), Grupos Clareou e Samba do Bom 25/04 (sexta-feira), e Dominguinhos do Estácio, 26/04 (sábado).

A partir das 8h da manhã do dia 23 (quarta-feira), feriado de São Jorge, acontecerá à concentração na Catedral São Francisco Xavier (Rua Coronel Freitas, nº 45, Itaguaí), às 9h ocorrerá uma missa, e às 10h inicia-se a tradicional carreata em homenagem a São Jorge, que seguirá em direção ao Parque de Eventos de Seropédica (área da EXPO – km 43 da ant. Est. Rio-São Paulo).

As 18h o Parque de Eventos receberá os fiéis para uma Missa Solene em Honra ao Santo, com a participação de Dom José Ubiratan. A programação religiosa se encerra às 21h, com show no Ministério Amor e Adoração.

As demais atrações religiosas serão: Banda Shekinah (24/04 – 21h); Ministério Adriel (25/04 – 21h) e Aline Brasil (26/04 – 21h). Todos os shows serão após as cerimônias religiosas, que se iniciam às 19h.

Segundo o Secretário de Comunicação, Turismo e Eventos, Thiago Ribeiro, a festa busca unir a população no intuito de homenagear São Jorge.

Além das atrações religiosas esse ano ainda teremos apresentações de bandas populares que abordarão um repertório mais comum a todo público, temos que pensar em toda a população, assim como temos feito em outras festas do município, onde inserimos atrações religiosas em meio a bandas populares, desta vez a ordem se inverte”, disse o secretário.

 

Faça o seu comentário