Depois de 13 anos, a tarifa de serviços da Usina Hidrelétrica de Itaipu teve a primeira redução. Foi de 8,2%. O presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a redução.

Depois de 13 anos, a tarifa de serviços da Usina Hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu, teve a primeira redução. Os dados foram divulgados pelo governo federal. A queda foi de 8,2% no Custo Unitário dos Serviços de Eletricidade (Cuse).

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, a tarifa estava congelada durante todos esses anos. O Cuse é um dos componentes da tarifa e ficou em 20,75 dólares/kW em 2022.

Hidrelétrica de Itaipu

A definição do valor se deu por meio de um acordo entre Brasil e Paraguai. Enquanto o Brasil defendia o valor de 18,97 doláres/kW, o outro país tinha os planos de manter a tarifa atual, que era de 22,60 dólares/kW.

Dessa forma, o valor final foi um intermediário entre as sugestões dos dois países. O presidente Jair Bolsonaro comemorou a redução de 8,2% da tarifa usada na comercialização da energia da hidrelétrica de Itaipu.

“Após intensa negociação com o Paraguai foi aprovada a redução de 8,2% da tarifa utilizada na comercialização da energia de Itaipu Binacional, que reduzirá custos de energia, produtos e serviços, beneficiando a região e, consequentemente, o Brasil”, escreveu o presidente na conta dele no Twitter.

Saiba mais

A Usina Hidrelétrica de Itaipu é binacional. Ela está localizada no Rio Paraná, na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. É líder em todo o mundo na geração de energia limpa e renovável.

Fonte: Edital Concursos brasil