O segundo encontro de Fuscas foi realizado neste último domingo (31), no estacionamento do Km 50, em frente à Igreja Católica Santa Teresinha, o evento foi organizado por Robertinho Aguiar.

No encontro, de Fuscas tinha pessoas de vários lugares da Baixada Fluminense e de Campo Grande. Os amantes do Fusca, um dos carros mais tradicionais do Brasil, irão se reunir novamente daqui a 15 dias, o encontro passara a ser sempre no segundo domingo de cada mês, no mesmo local.

A paixão pelo veículo, conhecido inicialmente pelo preço baixo, manutenção simples e tração traseira, entre outros trunfos que garantem a preferência. A produção comercial do veículo começou no final do ano. Em 1947 o Fusca passou a ser exportado e ganhou o mundo. Foram mais de 21 milhões de unidades produzidas até 2003, quando o derradeiro besouro saiu de sua última linha de montagem, em Puebla, no México.

No local fizeram churrasco entre outros petiscos, a Doce Maria esteve presente onde vendeu tortas e doces deliciosos. Vale a pena participar, ali você vai conhecer alguns tipos de Volkswagen que saíram de linha, mas deixaram saudades.

No local foi montado duas tendas e colocado banheiro químico para atender a todos, a Guarda Municipal deu apoio na segurança do evento.