Foi realizado neste último sábado (2), no CIEP Brizolão 155, Maria Joaquina de Oliveira, a última avaliação do Projeto PELC, dos 12 núcleos que atuam em bairros do município de Seropédica. O PELC tem ajudado a muitas crianças e adultos no município pela sua importância social, hoje 1200 pessoas em Seropédica participam deste projeto. Estiveram presentes os avaliadores do PELC, Luiz Carlos Lira e Joelma Cristina Gomes, e os Coordenadores do município, Luana Mariana silva e Naldo Motta.

O Programa Esporte e lazer da Cidade (PELC), desenvolvido por intermédio da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), proporcionar a prática de atividades físicas, culturais e de lazer que envolvem todas as faixas etárias e as pessoas portadoras de deficiência, estimula a convivência social, a formação de gestores e lideranças comunitárias, favorece a pesquisa e a socialização do conhecimento, contribuindo para que o esporte e lazer sejam tratados como políticas e direitos de todos.

No evento foi passado um vídeo relatando um trabalho social feito pelo artista plástico brasileiro radicado em Nova York, Vicente José de Oliveira Muniz, mais conhecido como Vik Muniz, que faz experimentos com novas mídias e materiais. Uma das principais figuras do famoso documentário “O Lixo extraordinário”.

O mais tocante deste vídeo é ver a mistura de tristeza, felicidade, perseverança e miséria em um mesmo olhar, sentimentos que não se separam. Essas pessoas são verdadeiros heróis, mesmo estando completamente excluídos da sociedade, ainda assim conseguem viver. É emocionante quando eles se conscientizam de que são alguém, são seres humanos de valor e não lixo como grande parte da sociedade os enxerga.

 

Faça o seu comentário