O técnico Doriva rejeitou testes neste início de Campeonato Carioca e fez o Vasco manter a base do time nas primeiras três rodadas do torneio. A estratégia dá força de conjunto aos titulares, mas faz um outro grupo do elenco cruzmaltino ficar “esquecido”. Sete jogadores contratados para a temporada 2015 ainda não fizeram sua estreia oficial pelo clube e lutam por um espaço, nem que sejam alguns minutos em campo.

Peças de um elenco inchado montado por Eurico Miranda no início da temporada convivem com rotina no banco de reservas, com nenhum chamado do treinador até o momento. Aislan, Erick Daltro, Romarinho, Victor Bolt, Nei, Matheus Índio e Sandro Silva ainda não foram a campo no Carioca.

Figura conhecida no clube, Romarinho teve seu retorno aceito pelo presidente vascaíno após empréstimo ao Brasiliense. Nei e Sandro Silva também não são reforços, mas aparecem como novidades do elenco após amargarem a temporada 2014 afastados. Eles foram reintegrados por decisão de Eurico.

Sem esperanças de serem utilizados por Doriva neste início de ano, o atacante Erick Luis e o lateral direito Bruno Ferreira aceitaram deixar o Vasco pouco mais de um mês após iniciarem trabalho em São Januário. Eles foram ao Bragantino para disputa do Campeonato Paulista antes de terem qualquer chance no Rio de Janeiro.

Sem a dupla, o Vasco conta agora com 34 jogadores no elenco. Este número, porém, pode aumentar caso o atacante Gilberto, do Toronto FC (CAN) e que treina no clube, chegue a um acordo para permanecer em São Januário.

De acordo com o regulamento do Carioca, os clubes podem inscrever até 31 jogadores (sendo 28 de linha e mais três goleiros). Portanto, o Cruzmaltino terá que lidar com a insatisfação daqueles atletas que sobrarem na lista final. Até a 10ª rodada da Taça Guanabara, o Cruzmaltino poderá fazer mudanças na relação.

O zagueiro Aislan, o lateral Erick Daltro, o meia Matheus Índio e o atacante Romarinho são os jogadores que ficam atrás nessa disputa por chances no Carioca. Eles nem sequer entraram na lista de relacionados para amistosos na pré-temporada do clube, realizados em Manaus, e não foram observados fora dos treinamentos.

Com a base mantida – que conseguiu sete pontos em nove disputados no Estadual –, o Vasco volta a campo nesta quinta-feira. Às 19h30, em São Januário, a equipe recebe o Macaé em São Januário para tentar reagir após tropeço no Tigres do Brasil, em jogo pela última rodada.

images