Atenção Seropédica: Grupos prioritários para vacinação contra Influenza

0
91

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais, podendo também causar pandemias. Na campanha contra a influenza do ano 2020, serão vacinadas:

  • Crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias);
  • Gestantes em qualquer idade gestacional;
  • Puérperas até 45 dias após o parto;
  • Trabalhadores da Saúde;
  • Professores/trabalhadores de escolas públicas e privadas;
  • Povos indígenas a partir dos seis meses de idade;
  • Indivíduos com 60 anos ou mais de idade;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;
  • População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;
  • Força de segurança e salvamento;
  • Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independe da idade.

Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais

  • Indivíduos pertencentes a esses grupos com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, poderão estar pré-cadastrados no SIPNI.

Aqueles que não tiverem sido pré-cadastrados poderão apresentar qualquer comprovante que demonstre pertencer a um destes grupos de risco (exames, receitas, relatório médico, prescrição médica etc.).

 Adicionalmente, poderão ser utilizados os cadastros já existentes dentro das Unidades de Saúde. Pacientes que são atendidos na rede privada ou conveniada deverão seguir as orientações acima referidas.

Pessoas com deficiência permanente: serão considerados indivíduos com deficiência permanente aqueles que apresentem uma ou mais das seguintes limitações:

  • Limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas.
  • Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de ouvir mesmo com uso de aparelho auditivo.
  • Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de enxergar mesmo com uso de óculos.
  • Indivíduos com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola, brincar, etc.

No ato da vacinação, considerar deficiência autodeclarada.

A vacinação contra a Influenza é exclusiva para os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde. Ao final da campanha, quando há vacinas remanescentes, é comum o Ministério da Saúde liberar a administração da vacina para a população em geral, porém, até o momento, ainda não houve liberação.

Os grupos são definidos com base na maior suscetibilidade a adoecimento e complicações podendo evoluir a óbito com maior facilidade e também devido a sua importância sócia econômica.

Fonte:  www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/c/calendario-nacional-de-vacinacao/arquivos/informe-da-24a-campanha-nacional-de-vacinacao-contra-a-influenza.pdf

Seropédica, 02 de junho de 2022.

Coordenação do Programa de Imunização de Seropédica