Ônibus do acidente com 3 mortes teria invadido a contramão

0
191

Essa é a primeira constatação, ainda preliminar, do delegado de Polícia Civil, Marcos Bruzzi, que conduz o caso. Vítimas foram identificadas. Rodovia foi liberada depois de 7 horas

O motorista do ônibus da Novo Horizonte, que bateu contra a carreta Mercedes-Benz, na madrugada desta sexta-feira (6), na BR-163, em Diamantino (MT), teria invadido a pista contrária e provocado o acidente (sinistro). Essa é a versão preliminar do delegado da Polícia Civil, Marcos Bruzzi.

Eram pouco mais de 3 horas, quando a concessionária responsável pela rodovia foi acionada para atendimento a um sinistro no km 550.  No local, as equipes encontraram o ônibus Mercedes-Benz, placas PLT2F20, prefixo 540811, da empresa Viação Novo Horizonte Ltda., com 44 passageiros, e a carreta Mercedes-Benz, que transportava madeira serrada. Três pessoas estavam mortas e 43 passageiros feridos. Entre as vítimas fatais, o caminhoneiro, o condutor do ônibus e uma passageira. Eles foram identificados como:

  • Rodrigo Medeiros da Silva, 44 anos (caminhoneiro)
  • Reiter Gonçalves da Silva, 54 anos (motorista do ônibus da Novo Horizonte)
  • Matilde Colaco Tavela, 64 anos (passageira)

De acordo com a concessionária responsável, a ocorrência foi por volta de 3h05, e a rodovia ficou bloqueada totalmente por mais de 7 horas.

Ônibus está com tacógrafo em dia

Segundo apurou o Estradas, os veículos são a carreta Mercedes-Benz 1316 e o ônibus Mercedes-Benz, placas PLT2F20, prefixo 540811, da empresa Viação Novo Horizonte Ltda., com sede na Bahia.

SOCORRO ÀS VÍTIMAS: Equipes do bombeiros e da concessionária Rota do Oeste no atendimento às vítimas. Foto: Reprodução/Redes Sociais

reportagem também apurou que o cronotacógrafo (tacógrafo) do ônibus está válido até outubro de 2023 e tem somente uma multa por avançar sinal vermelho em Cuiabá (MT), aplicada pela Prefeitura de Cuiabá, em abril de 2022. Já nos sistemas da PRF, Dnit não há registro de multas recentes. O Estradas ainda não obteve os dados da carreta.

reportagem tentou contato com a empresa Novo Horizonte para saber mais detalhes da ocorrência, mas não antederam às ligações.

Estradas manteve contato com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para saber se a empresa está registrada, bem como o veículo. Segundo a ANTT, por ser uma viagem interestadual, a responsabilidade é da Agência de Regulação de Serviços Públicos Delegados (Ager-MT). A reportagem enviou E-mail para a Ager, mas ainda não obteve uma resposta.

reportagem também manteve contato por telefone com a Agerba – Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia, que regulamenta o transporte interestadual, para saber se a empresa está regularizada junto à Agência. Foi enviado E-mail, mas ainda não recebeu resposta.

CAMINHONEIRO: O caminhoneiro Rodrigo Medeiros da Silva, 44 anos, está entre os mortos. Foto: Arquivo pessoal

INVESTIGAÇÃO: Motorista do ônibus da Novo Horizonte, que bateu contra a carreta, na madrugada desta sexta-feira (6), na BR-163, em Diamantino (MT), teria invadido a pista contrária e provocado o acidente, diz o delegado da Polícia Civil, Marcos Bruzzi, que investiga o caso. Foto: Reprodução/Redes Sociais

O trajeto do ônibus está sendo confirmado pela reportagem do Estradas. A Polícia Civil está investigando as causas do sinistro.

Fonte: Estradas