Animais foram encaminhados para Centro de Triagem de Animais Silvestres.
Entre as espécies apreendidas estão trinca-ferro e maritacas.

Do G1 Sul do Rio e Costa Verde

Aves são apreendidas em Barra Mansa, RJ. (Foto: Sergio Fortuna/ Divulgação PMBM)Aves são apreendidas em Barra Mansa, RJ. (Foto: Sergio Fortuna/ Divulgação PMBM)

Foram encaminhados nesta segunda-feira (22) para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Seropédica, na Baixada Fluminense, os 20 pássaros silvestres apreendidos na sexta-feira (19) em Barra Mansa, RJ. A operação foi feita pela Fiscalização Ambiental da secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da cidade. As aves foram encontradas nos bairros Nova Esperança, Vista Alegre, São Francisco, Santa Isabel e no distrito de Floriano. De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, entre as espécies apreendidas estão coleiro baiano, coleiro pata-capim, trinca-ferro e maritacas.

Ainda de acordo com a assessoria, depois de apreendidos os pássaros foram tratados e alimentados no Parque da Cidade. De acordo com o artigo 29 da Lei Federal 9.605, de 1998, regulamentada pelo artigo 24 do Decreto 6.514, de 2007, manter animais silvestres em cativeiro sem a devida licença e/ou autorização do órgão competente é crime. A multa pode variar de R$ 500 à R$ 5 mil por espécie, e o infrator poderá ainda responder administrativa e criminalmente.