1. A Caixa Econômica Federal de Seropédica em nota a este Jornal Online, informa que o evento marcado para os dias 19 e 20 de agosto, na Praça Nildo Romano, não pertence a Caixa Econômica Federal como anunciado:                                  NOTA DA CAIXA ECONOMICA FEDERAL
    1. Informamos que o evento “FEIRÃO – SAI DO ALUGUEL” cujos panfletos foram distribuídos e colocado em locais públicos desde o dia 16/08. NÃO É EVENTO DA CAIXA.
    2. Trata-se de uso indevido da marca, e a Caixa Econômica está tomando as devidas providencias, através de sua área de segurança e jurídica, para identificar e atuar junto aos responsáveis. 
    3. Colocamo-nos a disposição para quaisquer outros esclarecimentos que se fizerem necessários      .                                                                                                                

    Veja os cuidados que devem ser tomados na hora de comprar o seu imóvel

    A compra da casa própria é um sonho para muitas brasileiros. Por isso é preciso ter muito cuidado antes de fechar o negócio. Conforme especialista do ramo imobiliário, o ideal para quem está pensando em realizar o sonho da casa própria é elaborar uma lista de obrigações a serem cumpridas antes de finalizar a compra.                                                                                                                                                                        NUNCA DE COPIA DE SEUS DOCUMENTOS OU FORNEÇA OS NUMEROS DE SUA IDENTIDADE E CPF, ANTES DE TER CERTEZA QUE O NEGOCIO É BOM.

    O primeiro passo a ser tomado é procurar o Banco que vai financiar, para ver se realmente ha algum convenio com o banco ou não, o segundo passo procure uma imobiliária. Isso pode economizar tempo – já que ela pode apresentar diversas opções de imóveis -, evitar problemas desnecessários com casas sem documentação correta e realizar um negócio seguro.

    Se o comprador optar por procurar uma empresa especializada, considere a estrutura, disponibilidade do corretor e solicite as referências de vendas anteriores. Observe ainda os serviços oferecidos, área geográfica de atuação, quantidade de imóveis constantes na carteira, atendimento fora do horário comercial, prestação de apoio a financiamentos e elaboração de contrato profissional com revisão de advogado.

    Converse claramente com este profissional, decida, em primeiro lugar, suas necessidades junto com a família e diga o que é importante ter no imóvel (quintal, dependência de empregada, piscina, garagem, entre outras). 

    Apresente o valor que pretende gastar com a compra do imóvel (quantia em dinheiro, necessidade de financiamento, disponibilidade do FGTS, automóvel ou outro imóvel que possa ser dado como parte do pagamento). Dependendo da quantia disponível para comprar o imóvel é provável que seja necessário retirar itens ou quem sabe acrescentar.

    Visite um número razoável de imóveis de seu gosto. Só faça negócio após visitar cerca de oito unidades, junto com as pessoas que têm poder de decisão na família. Além disso, visite o imóvel escolhido mais de uma vez, de dia, à noite e em dias de chuva. Ainda pergunte aos vizinhos sobre segurança, vazamentos, desabamentos, odores e inundações na área.

    Não se esqueça de considerar também valorizações futuras do imóvel, valor de revenda e posição do imóvel em relação ao sol. É necessário fazer uma inspeção minuciosa antes de assinar o contrato, fique atento às rachaduras, ao quadro de força e às condições do telhado. Além disso, procure descobrir se há vazamentos, diminuição de vazão de água entre pontos, existência de cupins, paredes úmidas, ocas ou descoladas.

    Ao fechar o negócio, revise o contrato, é recomendável que toda compra de imóvel seja acompanhada de um instrumento particular de contrato elaborado pela imobiliária, mesmo que a escritura seja lavrada imediatamente após a negociação.

    Para aqueles que não sabem, o contrato protege ambas as partes e estabelece condições, por exemplo, sobre a posse do imóvel e dívidas de impostos que não são cobertas na escritura. Por isso, não deixe de verificar todos os documentos, de fazer com que o vendedor apresente certidões negativas dos cartórios de protestos, dos distribuidores cíveis, da Justiça Federal, da Receita Federal e de tributos municipais.

    Além disso, é importante observar a matrícula atualizada do imóvel, expedida pelo Oficial do Cartório de Registro de Imóveis, e uma declaração que confirme que as taxas de condomínio estão em dia, no caso dos apartamentos.

    Depois de checar todos estes pontos e estar de acordo com todos eles, assine os papéis e pegue a chave da sua casa própria.

Faça o seu comentário