Evento terá 11 mil imóveis de leilão retomados pela Caixa, que podem ser até 80% mais baratos do que a média de usados

Concretizar o sonho da casa própria estará mais próximo para milhares de cariocas. Com mais de 76 parceiros e 32.888 unidades à venda, a Caixa Econômica Federal promove o Feirão da Casa Própria entre a próxima sexta-feira e o domingo, no Riocentro. São ofertas que cabem em praticamente em todos os bolsos, parcelamento da entrada e preços a partir de R$ 99,9 mil. Mas, este ano, 11 mil imóveis de leilão retomados pela Caixa, em todo país, no Rio são 125, são as novidades do evento, que chegam a ter valores 80% mais baixos do que os demais imóveis usados.

“Estas unidades estarão disponíveis para venda por meio de licitação aberta, venda direta e leilão. Haverá estande específico com empregados do banco e corretores”, informou a Caixa. O leilão ocorrerá na sexta-feira, às 16h.

As dicas de especialistas para quem pretende entrar nesse tipo de financiamento são simples: é preciso que o comprador se certifique da condição do imóvel, ou seja, se não está depredado, e de que esteja vazio. Isso porque a retirada de um mutuário inadimplente da unidade depende da Justiça e demanda tempo (Confira na página 14).

VALOR A PARTIR DE R$ 99,9 MIL

Os valores dos imóveis no feirão estão a partir de R$ 99,9 mil, levados pela CAC Engenharia, nas regiões de Mesquita, São Gonçalo e Nova Iguaçu. Os parceiros oferecerão vários atrativos para os compradores, que vão além de descontos, registro em cartório e Imposto de Transmissão de Bem Imobiliário (ITBI) grátis. Tem construtoras que parcelam a entrada em 60 vezes, como a MRV, que oferecerá em seu estande 3,5 mil imóveis em 23 empreendimentos. Os valores vão de R$ 144 mil a R$ 230 mil.

A Caixa tem R$ 82,1 bilhões disponíveis para o crédito habitacional em 2018 e mantém a liderança no setor com cerca de 70% das operações para aquisição da casa própria. O banco trabalha com taxas de juros do crédito imobiliário usando recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) em 9% ao ano, no caso de imóveis do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). E cobra taxas de 10% ao ano financiamento enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI). O banco também aumentou o patamar de financiamento, passando de 50% para 70% do valor do imóvel. Além disso, a Caixa retomou a portabilidade de financiamento com cota de até 70%.

Para requerer o crédito, basta o interessado levar documento de identidade, CPF, comprovantes de renda e residência atualizados. Também pode obter informações nas agências do banco, no www.caixa.gov.br ou pelo telefone 0800 726 0101.

No Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica, há imóveis a partir de R$ 99,9 mil. Veja abaixo as ofertas que as construtoras e incorporadoras levarão para o evento.

MRV

Quem tem renda que se enquadre em uma das faixas do programa Minha Casa Minha Vida – voltado para famílias com rendimentos de R$ 1,5 mil a R$ 9 mil -, pode encontrar no estande da MRV pagamento flexível e facilidades em 23 empreendimentos que a construtora oferecerá no feirão. São imóveis prontos, em construção e lançamentos, em diversas localidades da Região Metropolitana. Os valores dos apartamentos variam entre R$ 144 mil e R$ 230 mil.

“Os participantes do feirão poderão aproveitar as condições de pagamento oferecidas pela MRV, como ITBI e registro grátis e entrada parcelada em até 60 meses. É importante que os clientes tragam toda a documentação (CPF, RG, comprovante de residência, de renda, extratos bancários) para acertar o negócio. A aprovação do crédito será na hora”, conta o gestor de vendas, David Cunha Dornas de Oliveira.

TENDA

Já a construtora Tenda vai oferecer mais de 2.500 unidades em regiões de Jacarepaguá, Zona Norte, Zona Oeste, Nova Iguaçu, Mesquita e São Gonçalo. São imóveis novos de dois quartos, sala, cozinha e banheiro com e sem vaga de garagem. São unidades prontas e em construção.

Os imóveis que serão vendidos no feirão custam a partir de R$110 mil e são financiados pela Caixa. A Tenda informou que terá entrada zero e prestações a partir de R$ 350 já morando. “Os interessados poderão sair do evento com o crédito contratado”, informou a empresa.

CURY

A construtora Cury se antecipou ao Feirão da Caixa, e ao longo do mês inteiro trabalha com valores e condições especiais para quem quiser adquirir a casa própria. Entre os destaques estão: unidades de dois e três quartos a partir de R$ 135 mil, descontos de até R$ 55 mil, escritura e ITBI grátis. Os 13 empreendimentos e as 700 unidades estão distribuídos pela Zona Norte e Zona Oeste da capital, Região Metropolitana e Baixada Fluminense.

“Os descontos oferecidos representam uma oportunidade excelente para quem quer conquistar o sonho do primeiro imóvel”, afirma Leonardo Mesquita, diretor de Negócios da Cury Construtora.

O empreendimento mais em conta da construtura é o Estação Zona Norte (residencial Madri), na Pavuna, com unidades de dois e três quartos com varanda e vaga a partir de R$ 135 mil. Já o Mérito Barreto, que possui valor mais elevado (R$ 265 mil), tem unidades de dois e três quartos com vaga, varanda e lazer completo.

A Rio Oito, empresa do Grupo Oito especializada em construções pelo programa Minha Casa Minha Vida, também vai participar do Feirão com o residencial Cenário da Montanha, já em construção em Itaipava, Região Serrana. O empreendimento oferece 672 unidades pela faixa 3 do programa, que abrange renda de R$9 mil, com valores de R$ 230 mil.

“O cliente que se encaixa no programa Minha Casa Minha Vida tem a vantagem de contar com juros ainda mais baixos e com o subsídio que varia de acordo com a renda do comprador. O Feirão da Caixa é uma grande oportunidade para adquirir imóveis com valores e condições especiais de pagamento”, comenta Mariliza Pereira, diretora da empresa.

MORAR MAIS

A empresa Morar Mais vai ofertar mais de 3.500 unidades em regiões da Zona Oeste do Rio, como os bairros de Campo Grande e Santa Cruz. No Município de Queimados, na Baixada Fluminense, os imóveis têm preços a partir de R$ 102 mil. Já em Campo Grande e em Santa Cruz, os interessados poderão encontrar oportunidades a partir de R$ 120 mil.

De acordo com André Barros, diretor da Morar Mais, são opções na planta, em construção e prontas para morar. “No caso dos imóveis em Campo Grande e Santa Cruz será possível conseguir entrada zero ou parcelada em até 60 vezes”, afirma Barros.

SAWALLA

Já quem tem um carro e pensa em comprar a casa própria, pode encontrar na Sawala Imobiliária, uma ótima oportunidade. A empresa aceitará o veículo como parte do pagamento e a avaliação será feita durante o evento. “Vale lembrar que no feirão, os juros menores já estão valendo e o percentual de financiamento de 50% para 70% para compra de unidades usadas também”, diz Edson Pires, presidente da Sawala.

AZUL

Com 280 unidades, a Azul Construções vai participar do evento com o Residencial Royal Blue, em Bangu, com 100 unidades e valores a partir de R$ 180 mil, e o Residencial Diamantino, em Santíssimo, com 180 unidades (faixa 1,5 do Minha Casa, Minha Vida), limite de renda mensal de R$ 2,6 mil, e com valores a partir de R$ 144 mil.

Durante o feirão, a Azul vai oferecer entrada parcelada durante a obra e documentação zero. Ou seja, todos os custos com a documentação ficam por conta da empresa.

CAC ENGENHARIA

A CAC Engenharia vai ofertar mais de 1.800 unidades, todas abrangidas pelo programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, em locais como Mesquita, São Gonçalo e Nova Iguaçu, com preços a partir de R$ 109 mil.