Com edital de concurso previsto para novembro, Prefeitura de Queimados-RJ divulga salários e gratificações dos professores.

O concurso da Prefeitura de Queimados-RJ para professores terá edital publicado até novembro. A previsão é que seja oferecidas 190 vagas, para professor I e II. No entanto, enquanto o documento não é publicado, em resposta à FOLHA DIRIGIDA, a Administração Municipal divulgou os salários e as gratificações que serão oferecidos aos docentes.

De acordo com a prefeitura, os professores II recebem hoje R$1.708,65 por mês, enquanto o rendimento dos docentes I é de R$2.406,14. No entanto, os valores podem ser acrescidos, conforme a gratificação recebida.

Para os professores aprovados no concurso Queimados-RJ, que forem alocados em sala de aula, haverá ainda uma gratificação pelo exercício em regência de classe, que poderá elevar os ganhos mensais. Os valores são os seguintes: 35% sobre o vencimento-básico para professor II (o que equivale a R$598,03) e 30% sobre o salário do professor I (ou R$721,84).

Com isso, os rendimentos mensais poderão chegar a R$2.306,68 para o docente II e até R$3.127,98 para docente I, caso eles tenham direito a essa grati cação. Além disso, os professores do município da Baixada Fluminense contam com estabilidade, já que o regime de admissão é o estatutário. 

O concurso está con rmado, e a previsão é que o edital seja publicado em novembro. No momento, a prefeitura trabalha no processo de escolha da organizadora, e já entra em contato com instituições interessadas. A oferta de vagas do concurso ainda não está fechada, mas 190 oportunidades já foram anunciadas pela Secretaria de Educação.

Con ra detalhes do concurso Queimados-RJ

A Prefeitura de Queimados, localizada na Baixada Fluminense do Estado do Rio de Janeiro, realizará um novo concurso público para a área de Educação. A seleção é fruto do Termo de Ajustamento e Conduta (TAC) firrmado entre a Administração Municipal e o Ministério Público do Rio de Janeiro, que visa à substituição de pro ssionais temporários por concursados.

Em entrevista realizada à FOLHA DIRIGIDA ,a subsecretária pedagógica da Secretaria de Educação de Queimados, professora Dilcelina Vasconcelos, deu detalhes sobre as oportunidades que serão oferecidas. 

O concurso do magistério será para professor I e II. O primeiro cargo requer graduação na área, enquanto que o segundo atende aos seguintes requisitos: nível médio/formação de professor ou nível superior com licenciatura plena em Pedagogia. 

Para professor II, que leciona da educação infantil ao quarto ano do ensino fundamental, a previsão é que sejam oferecidas 150 vagas. Para esta carreira, deverão ser preenchidos todos os cargos vagos pelo novo concurso. Isso porque, dos 749 cargos previstos em lei, apenas 643 estão ocupados.

Já para professor I, a oferta inicial é de 40 vagas para todas as áreas. No entanto, o quantitativo de vagas pode ser alterado, já que um estudo sobre a necessidade de pro ssionais ainda está em andamento.

“O número exato só será definido após o fim do levantamento das atuais necessidades de pessoal, que está sendo feito”, afirmou a subsecretária pedagógica de Queimados-RJ.

Provas serão realizadas em 2019

Ainda de acordo com a subsecretária pedagógica, as provas do concurso para a Educação serão aplicadas no início de 2019. Com isso, os aprovados deverão tomar posse pouco antes do início do ano letivo.

Diferente do que estava previsto, o concurso Queimados-RJ terá avaliações objetivas e de títulos, eliminado etapas discursivas e práticas.

As matérias que serão cobradas ainda não foram divulgadas, Provas serão realizadas em novembro mas o conteúdo programático deverá seguir os critérios do (Foto: Divulgação) concurso de 2012.

Na época, os candidatos foram submetidos a 50 questões, sendo dez de Língua Portuguesa, 25 de Conhecimentos Especí cos e 15 de Conhecimentos Pedagógicos. O Centro de Produção da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Cepuerj) foi o organizador da seleção.

Um dos motivos que acarretou na necessidade de um novo concurso para professores em Queimados-RJ foi o aumento na rede pública municipal, em mais de 20%. Em 2017, por exemplo, eram 13 mil vagas oferecidas.

Neste ano o número passou para 15.600 alunos. Com isso, é preciso um reforço no número de docentes nas escolas da cidade, a m de que os matriculados não quem sem aula em 2019. Atualmente, há uma lista de espera de cerca de 2 mil alunos.

Fonte: Folha Dirigida

Faça o seu comentário