O Rio Guandu é um dos maiores rios do Rio de Janeiro, é o responsável pelo abastecimento de água de boa parte do estado. O Rio Guandu é resultado da junção do Rio Santana e Ribeirão das Lajes, na divisa entre os municípios de Japeri e Paracambi e passa pelos Municípios de Seropédica, Nova Iguaçu, Rio de Janeiro e Itaguaí. Muitas pessoas na época do verão procuram suas águas para se banharem, sem saber do perigo que correm ao não conhecer os locais propícios para banho.

Nesta quinta-feira (21/04) varias famílias se reuniram para conhecer a nova residência de Jorge Marcelo Souza Fontes de 39 anos, na rua 34 quadra 212, no Bairro Campo Lindo em Seropédica. Como estava quente, resolveram tomar banho no Rio Guandu. O local escolhido tem uma pequena enseada com água que chega no máximo uns 20 cm. No momento do acidente, era em torno de 17:45 horas, tinha três crianças brincando, próximo a margem, e sem que os pais percebessem elas subiram em um monte de terra e desceram para outro lado conforme fotos abaixo, só que não sabiam que ali foi local de retirada de areia lavada por areeiros, e criou-se um buraco de mais ou menos 5 metros de profundidade por uns 15 de extensão.

As crianças, não sabendo nadar, começaram a gritar e se debater na água, então imediatamente, Jorge Marcelo mergulhou e tirou duas crianças, uma de 6 anos e outro de 13 que já estavam quase afogados, retornando para salvar a terceira criança de 9 anos, de nome, Sarah Mila Pereira Correa. Jorge mergulhou subiu novamente para pegar ar e desapareceu junto com a Sara.

Familiares e amigos entraram em contato com o Corpo de Bombeiros onde foi enviado, Bombeiros de Seropédica e os mergulhadores do Grupamento de Busca e Salvamento CBMERJ para resgate dos corpos. Pelo horário adiantado do acidente, mergulhadores compareceram na manhã desta sexta-feira fazendo uma varredura no local do acidente e estendendo a busca por toda extensão do Rio Guandu.

A dificuldade de localização foi porque pela madrugada foi aberta a comporta de captação da CEDAE, aumentando a vazão criando muita correnteza, supostamente levando os corpos em direção ao mar. Familiares pedem que pessoas que trabalhem em Hospitais da região, entre Itaguaí e Rio de Janeiro, informem se por acaso apareceu algum acidentado como nas fotos aqui apresentadas.

O Corpo de Bombeiros orienta em não tomarem banho em locais que não conheçam ou de difícil acesso, para que em caso de acidente aja socorro imediato. Só nestes últimos 30 dias, 5 pessoas se afogaram. Neste último caso ainda não se sabe se eles estão vivos ou mortos. Pescadores já estiveram procurando os corpos por várias partes do Rio Guandu, até próximo a GERDAU em Santa Cruz.

DSC_0043
LOCAL DO DESAPARECIMENTO, ATRAS DESTE MONTE DE TERRA
DSC_0046
PROFUNDIDADE 7 METROS
desaparecida
Sarah Mila Pereira Correa, desaparecida

6e83779b-c67c-4586-a648-e8bc17cb168f

DSC_0047
PROFUNDIDADE 10 METROS
DSC_0049
AQUI A ÁGUA SÓ COBRE OS PÉS, ONDE SE ENCONTRA O BOMBEIRO COM A CORDA UM METRO A FRENTE 7 METROS DE PROFUNDIDADE
DSC_0054
LOCAL DE DIFÍCIL ACESSO
DSC_0055
LOCAL DE DIFÍCIL ACESSO

DSC_0036 DSC_0037 DSC_0038 DSC_0039 DSC_0040 DSC_0041 DSC_0042 DSC_0044 DSC_0045 DSC_0050 DSC_0053DSC_0051 DSC_0052