MORRE IDOSO QUE AGUARDOU POR RESULTADO DE EXAME EM BANCO DE CONCRETO DO HOSPITAL PEDRO II, EM SANTA CRUZ

A jornada do cadeirante Jonas dos Reis Lima, de 68 anos, no Hospital municipal Pedro II, em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio chegou a um triste fim. O idoso aguardou durante cinco horas por exames em um banco de concreto, em frente à emergência da unidade, e, nesta segunda-feira, morreu, após ter seu estado agravado em função de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) sofrido na última sexta-feira.

Ainda não há informação oficial sobre a causa da morte, mas de acordo com Larissa, ainda na manhã desta segunda, Jonas não respondia mais a nenhum estímulo, respirava com a ajuda de um balão de oxigênio e já apresentava sinais vitais fracos.

LUTA DUROU 4 DIAS

Na quinta-feira, amparado pela companheira, Jonas mostrava não aguentar mais ficar na cadeira de ferro, única acomodação oferecida pelo Pedro II, sendo o banco de concreto a possibilidade encontrada pela família para o idoso se deitar. A maca chegou por volta das 23h30, quando o médico recebeu o resultado dos exames e o internou na sala vermelha, mas não em um leito, que só foi oferecido na manhã deste domingo.